Ligue-se a nós

Atualidade

TST vai repor três carreiras

Publicado

As carreiras 333, 435 e 160 dos Transportes Sul do Tejo (TST), que tinham sido suprimidas pela empresa, irão ser repostas “desde já”, anunciou a Área Metropolitana de Lisboa (AML).

“A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) irá repor, desde já, os serviços das carreiras 333, 435 e 160 que, desde hoje, tinham sido suprimidos unilateralmente”, é referido numa nota da AML divulgada ao final da tarde, depois de uma reunião com a administração da empresa.

Na nota é referido que a administração dos TST “reverteu a decisão inicial” que suprimia “serviços com impacto negativo nos utilizadores dos transportes públicos e na mobilidade da região metropolitana”.

A carreira 333 faz o percurso Lisboa (Gare do oriente) – Vale Amoreira, a carreira 435 circula entre Lisboa e Samouco (via Montijo) e a carreira 160 liga Almada a Lisboa (Praça do Areeiro, via Alcântara).

Segundo o primeiro secretário metropolitano, Carlos Humberto de Carvalho, citado no comunicado, serão agendadas nos próximos dias reuniões na AML com a TST e os municípios abrangidos por estas alterações, para que, durante o mês de janeiro, paulatinamente, se reavalie o conjunto de serviços que garantam a efetivação de uma rede de transportes articulada, multimodal, que promova uma mobilidade verdadeiramente sustentável”.

Na nota lê-se ainda que a AML, “enquanto autoridade de transportes”, foi hoje confrontada com “supressões de carreiras e alterações de horários, pela empresa TST, decididas de uma forma unilateral”.

As câmaras da Moita e do Seixal, no distrito de Setúbal, já tinham exigido a reposição de carreiras e horários nos TST, apontando que as alterações não tiveram a “autorização” da AML.

Atualidade

Presidente brasileiro tem Covid-19

Publicado

O Presidente do Brasil, disse hoje que está infetado com o novo coronavírus, um dia depois de relatar sintomas e realizar um teste num hospital Militar, em Brasília.

Numa comunicação via Facebook, Bolsonaro confirmou o resultado positivo do teste e adiantou que fez uma radiografia e que o pulmão “estava limpo”.

O Presidente já havia informado a apoiantes que estava com febre e dores no corpo e, por isso, decidiu fazer o exame.

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados e de mortos (mais de 1,62 milhões de casos e 65.487 óbitos), depois dos Estados Unidos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 538 mil mortos e infetou mais de 11,64 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

 

Lusa

Continue a ler

Populares