Ligue-se a nós

Atualidade

Três toneladas de hidrocarbonetos derramadas no Porto de Sines

Publicado

Porto de Sines
Foto: Facebook Portos de Sines e do Algarve

Um derrame de cerca de três toneladas de hidrocarbonetos ocorreu, esta sexta-feira, no Terminal XXI do Porto de Sines, em Setúbal, tendo sido “ativados os meios de contingência” com vista “à contenção e recolha” do produto, informou o município.

Em declarações à Lusa, o presidente da Câmara de Sines, Nuno Mascarenhas, explicou que “foram derramadas cerca de três toneladas de hidrocarbonetos (…) durante a trasfega de combustível”, esta madrugada.

Em comunicado conjunto, a autarquia e a Administração dos Portos de Sines e do Algarve (APSA) afirmaram que “ocorreu nesta madrugada, dia 05 de abril, no Terminal XXI, um pequeno derrame de hidrocarbonetos durante uma operação de fornecimento de bancas do navio ‘Bahia Tres’ ao navio ‘MSC Sandra’”.

Na nota, é ainda referido que, após o derrame, “foram colocadas barreiras, com vista à contenção e recolha do combustível derramado” no sentido de “minimizar o impacto do incidente na atividade portuária”.

A operação de contenção e limpeza está a ser acompanhada por elementos da proteção civil municipal de Sines.

Atualidade

Presidente brasileiro tem Covid-19

Publicado

O Presidente do Brasil, disse hoje que está infetado com o novo coronavírus, um dia depois de relatar sintomas e realizar um teste num hospital Militar, em Brasília.

Numa comunicação via Facebook, Bolsonaro confirmou o resultado positivo do teste e adiantou que fez uma radiografia e que o pulmão “estava limpo”.

O Presidente já havia informado a apoiantes que estava com febre e dores no corpo e, por isso, decidiu fazer o exame.

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados e de mortos (mais de 1,62 milhões de casos e 65.487 óbitos), depois dos Estados Unidos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 538 mil mortos e infetou mais de 11,64 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

 

Lusa

Continue a ler

Populares