Ligue-se a nós

Atualidade

Sporting-Gil Vicente adiado

Publicado

O  jogo relativo à jornada inaugural do campeonato português não se vai realizar no sábado, às 18h30, como previsto.

De acordo com o Jornal de Notícias, a Autoridade de Saúde Nacional considerou não haver condições para a realização da partida, devido ao elevado números de casos positivos de Covid-19 em ambas as equipas.

Recorde-se que na equipa de Alvalade, e segundo as informações divulgadas pelos leões nesta quarta-feira, havia oito jogadores infetados, assim como o treinador Rúben Amorim e o diretor do departamento clínico.

Por sua vez, o clube barcelense que tem os treinos suspensos, conta com elementos do clube 15 infetados com o vírus SARS CoV-2,, incluindo o treinador Rui Almeida e 10 jogadores.

Cabe agora à direção da Liga encontrar uma nova data para este duelo entre Sporting e Gil Vicente.

Atualidade

PAN afirma que Governo pondera confinamento geral em dezembro

Publicado

O PAN afirmou hoje que o Governo pondera decretar confinamento geral na primeira quinzena de dezembro para preservar o período de Natal, mas adiantou que essa medida não é certa e requer vigência do estado de emergência.

Esta eventual medida a tomar pelo Governo foi transmitida aos jornalistas pelo porta-voz do PAN (Pessoas Animais Natureza), André Silva, no final da reunião com o primeiro-ministro, António Costa, destinada a discutir medidas de combate à covid-19 que possam sair do Conselho de Ministros extraordinário deste sábado.

André Silva disse que a possibilidade de se repetir um confinamento geral, tal como aconteceu em março e abril, durante a primeira metade de dezembro, “foi aflorada em termos de fim de gradualismo, ou como uma medida mais restritiva”.

“Na opinião do primeiro-ministro, se for o caso, essa medida procura antecipar ou prever aquilo que poderá ser um impacto enorme ao nível do Natal, fazendo com que as pessoas fiquem mais consciencializadas e reduzam os contactos. É preciso que se chegue ao Natal com a possibilidade de juntar a família”, justificou.

Continue a ler

Populares