Ligue-se a nós

Desporto

SIC Notícias acaba com programas desportivos com comentadores que representam clubes

A SIC Notícias é o primeiro canal a decidir descontinuar este tipo de programas.

Publicado

A SIC Notícias decidiu descontinuar os programas de desporto que assentam em comentadores que representam clubes, vulgarmente conhecidos como ‘os três grandes’ Benfica/Porto/Sporting, disse hoje à Lusa o diretor de informação da Impresa, Ricardo Costa.

Os dois programas da grelha da SIC Notícias – “Play Off” e “Dia Seguinte” – terminam “na próxima semana”, adiantou.

“Vamos ter um modelo diferente à segunda-feira e outro ao domingo, ainda estamos a reorganizar as grelhas”, disse Ricardo Costa, quando questionado sobre que tipo de programas vão substituir o “Play Off” e o “Dia Seguinte”.

“A pandemia podia ter ajudado a que os agentes do futebol percebessem bem a situação em que o futebol, como toda a sociedade se encontra, mas infelizmente não foi isso que aconteceu. Ou seja, o regresso do futebol voltou ainda pior do que estava antes em termos de guerra entre os clubes”, salientou Ricardo Costa.

“Esse ambiente de toxicidade que se foi criando à volta deste tipo de programas, e para o qual contribui muito os próprios clubes e as suas máquinas de comunicação, coloca-nos perante uma situação de que chegou a altura de terminar este tipo de programas na SIC Notícias”, explicou o diretor de informação da Impresa.

O “Dia Seguinte”, que é um programa de 2003, e o “Play Off”, de 2014, são “dois programas importantíssimos na história da SIC Notícias e nos seus resultados, mas achamos que temos de dar o salto em frente e continuar a acompanhar o desporto e o futebol de outra forma, mais com jornalistas e comentadores”, acrescentou.

Ricardo Costa sublinhou que o fim do “Dia Seguinte” e do “Play Off” “não tem nada a ver com os comentadores em si”, mas com o “ambiente que se criou à volta deste tipo de programas”.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Desporto

Portimão recebe última corrida do Mundial de MotoGP em 22 de novembro

Publicado

O Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, vai receber a 14.ª e última prova do campeonato do mundo de velocidade MotoGP, anunciou hoje a organização.

O circuito algarvio integra o calendário de 2020, para o qual estava de reserva, depois do cancelamento das provas de Argentina, Tailândia e Malásia, devido à pandemia de covid-19.

A prova portuguesa vai fechar a temporada, uma semana depois do Grande Prémio da Comunidade Valenciana, em 15 de novembro.

Esta vai ser a 15.ª edição do Grande Prémio de Portugal de motociclismo, depois de 13 provas, entre 2000 e 2012, no autódromo do Estoril, e da estreia, em 1987, no circuito espanhol de Jarama.

Após três provas, o Mundial é liderado pelo francês Fabio Quartararo (Yamaha), com 59 pontos, mais 17 do que o espanhol Maverick Viñales (Yamaha). O português Miguel Oliveira (KTM) ocupa o 12.º lugar, com 18.

O Autódromo Internacional do Algarve (AIA) vai receber também o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, em 25 de outubro.

Continue a ler

Populares