Ligue-se a nós

Atualidade

Semana começa com descida das temperaturas mínimas e sem chuva

Publicado

A semana começa com uma descida das temperaturas mínimas entre 2 a 8 graus Celsius, em especial no nordeste transmontano e beira alta, e sem precipitação, disse hoje à Lusa a meteorologista Maria João Frada.

“Nos próximos dias e pelo menos até dia 07 [sábado], vamos ter um cenário de tempo seco e frio. Hoje poderá ainda haver alguns aguaceiros fracos na região sul. No norte e centro prevê-se céu pouco nublado ou limpo e nas regiões do interior um aumento de nebulosidade a partir do meio da manhã”, disse.

De acordo com a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), hoje as mínimas desceram significativamente em relação à noite anterior entre 2 a 4/5 graus na região sul e 8 graus na região norte.

“Hoje temos nas Penhas Douradas 1 grau de mínima e 2/3 graus no nordeste transmontano. Até dia 04 vamos ter mínimas que podem chegar aos -2 ou -3 no nordeste transmontano e beira alta e no restante território entre 2 a 7 graus “, referiu.

As temperaturas máximas vão variar entre os 12 a 15 graus, com exceção do interior norte e centro (entre 5 e 10) e sul do Algarve (15 e 17 graus).

Atualidade

Prepare-se! Está a chegar o “Alex”

Publicado

Está a chegar o “Alex”, nome da nova tempestade que vai afetar Portugal. Sobretudo a partir do final do dia.

O efeitos da depressão serão sentidos “através do aumento da intensidade do vento”, acentuando-se mais no Norte e Centro do País, “precipitação localmente intensa nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela” e ainda uma descida da temperatura “que irá variar aproximadamente entre 12 e 18°C nas regiões a norte do vale do Tejo e entre 18 e 25°C a sul”.

As rajadas de vento deverão atingiros “75km/h junto ao litoral e até 110 km/h nas terras altas”.

É ainda esperado um “aumento significativo da agitação marítima na costa ocidental, em particular entre o início da manhã de dia 2 e a madrugada de dia 3, em especial a norte com cabo Raso”.

Para amanhã espera-se um agravamento do estado do tempo.

Continue a ler

Populares