Ligue-se a nós

Atualidade

Sem calças no Metro de Lisboa e do Porto

Publicado

Foto: facebook.com/no pants subway ride

‘No Pants Subway Ride’ apanhou algumas pessoas de surpresa no último domingo. Viagem de Metro Sem Calças é uma iniciativa que decorre nas principais capitais de todo o mundo e Porto e Lisboa não fugiram à “moda”.

Assim, muitos passageiros ontem viram alguns untentes, de cuecas de vários modelos e cores, indiferentes ao frio.

Segundo um dos mentores desta ação em Portugal, Carlos Alves, citado pelo Correio da Manhã, “assinalar o Dia Mundial Sem calças representa transmitir um pouco de alegria aos utentes que acabam por sorrir”.

A ação ‘No Pants Subway Ride” teve origem em Nova Iorque, nos Estados Unidos, há cerca de duas décadas mas rapidamente transformou-se num fenómeno global.

Tal como em Lisboa e Porto, também em Londres, Madrid, Paris entre muitas outras cidades, no segundo domingo de janeiro muitos preferem despir as calças no metro.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

OE2020: PSD quer alterar acesso à reforma de bombeiros voluntários com 30 anos de serviço

Publicado

O PSD quer que os bombeiros que desempenham funções a tempo inteiro nas associações humanitárias há mais de 30 anos tenham este ano um acesso à idade da reforma idêntico aos bombeiros profissionais.

Na proposta entregue na Assembleia da República de alteração ao Orçamento do Estado para 2020, o PSD defende que a idade de acesso à reforma seja reduzida em seis anos face ao regime geral, como acontece atualmente com os bombeiros profissionais.

O PSD considera justo aplicar o mesmo regime dos bombeiros profissionais aos funcionários das associações humanitárias que desempenham funções de bombeiros a tempo inteiro e tenha, pelo menos, 30 anos de efetividade de serviço devido à “natureza do trabalho desempenhado”.

Os social-democratas sublinham que se trata de reconhecer “a importância que os bombeiros têm ao serviço da população”, garantindo esta equiparação “maior justeza na atribuição das pensões de aposentação e de velhice a estes profissionais”.

No âmbito das proposta de alteração ao Orçamento do Estado para este ano, o PSD propõe também um complemento extraordinário para pensões de invalidez de bombeiros voluntários dos quadros de comando e ativo que tenham sofrido acidentes no exercício da atividade operacional.

Continue a ler

Populares