Ligue-se a nós

Atualidade

Seleção: Rui Silva e Rafael Guerreiro falham treino

Publicado

O guarda-redes Rui Silva e o defesa Raphaël Guerreiro falharam hoje o derradeiro treino de preparação da seleção portuguesa de futebol para o jogo com o Azerbaijão, que marca o arranque da qualificação para o Mundial2022.

Sob o olhar do selecionador Fernando Santos e do presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, a equipa das ‘quinas’, dividida em dois grupos, realizou os habituais exercícios de aquecimento com bola, durante os primeiros 15 minutos abertos à comunicação social, enquanto os guarda-redes Anthony Lopes e José Sá trabalharam à margem do grupo noutro relvado.

O defesa esquerdo dos alemães do Borussia Dortmund e o guardião dos espanhóis do Granada foram as únicas ausências no grupo de 25 convocados, no apronto realizado no centro de treinos da Juventus, em Turim, Itália, onde Portugal vai iniciar a participação no Grupo A da fase de apuramento, na quarta-feira.

A ausência de Guerreiro não foi uma surpresa, uma vez que o defesa falhou os últimos quatro desafios do Dortmund, devido a uma lesão sofrida no encontro dos quartos de final da Taça da Alemanha, frente ao Borussia de Möenchenglabach, em 02 de março.

Já o guardião deverá ter realizado trabalho de recuperação, depois de ter cumprido os 90 minutos pelo emblema andaluz, no domingo, na derrota (2-1) sofrida em Valência, para a liga espanhola.

A seleção lusa estreia-se no Grupo A de apuramento para o Mundial2022 na quarta-feira, com a receção ao Azerbaijão, deslocalizada de do Estádio José Alvalade, em Lisboa, para Turim, devido à pandemia.

Depois do embate com os azeris, Portugal cumpre fora os outros dois jogos da primeira jornada tripla, defrontando a Sérvia, em Belgrado, no sábado, e o Luxemburgo, na Cidade do Luxemburgo, três dias depois. Os três jogos começam às 19:45 (hora de Lisboa).

Para garantir uma oitava participação, e sexta consecutiva, no Mundial, cuja edição de 2022 se realiza entre 21 de novembro e 18 de dezembro, no Qatar, Portugal precisa de vencer o agrupamento, sendo que o segundo classificado jogará um ‘play-off’ de acesso à fase final.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

Telma Monteiro campeã europeia de Judo

Publicado

A judoca Telma Monteiro conquistou hoje a medalha de ouro na categoria de -57 kg nos Europeus em Lisboa, ao vencer na final a eslovena Kaja Kajzer, por ‘ippon’.

Telma alcançou o sexto título europeu e chegou à 15.ª medalha em igual número de presenças em Europeus, tornando-se a primeira judoca a conquistar ‘metais’ em 15 Europeus.

No combate diante de Kajzer, 15.ª do mundo e com quem Telma Monteiro tinha perdido em 2020, em Telavive, a judoca do Benfica, 10.ª, conseguiu pontuar para ‘ippon’, terminando de imediato o combate, aos 39 segundos do prolongamento (‘golden score’).

Antes da final, a judoca tinha vencido a experiente austríaca Sabrina Filzmoser (waza-ari), duas vezes campeã europeia e 31.ª do mundo, a belga Mina Libeer (ippon), 48.ª, e a kosovar Nora Gjakova, quarta e a grande favorita em Lisboa, como mais bem classificada dos -57 kg na capital portuguesa.

Continue a ler

Populares