Ligue-se a nós

Atualidade

Sara Carbonero está a lutar contra um cancro nos ovários

Publicado

Facebook Sara Carbonero

Sara Carbonero revelou nas redes sociais que está a lutar contra um cancro nos ovários. “Quando ainda não recuperámos de um susto, a vida voltou a surpreender de novo. Desta vez, tocou-me a mim essa pesada palavra de seis letras que ainda me custa escrever”.

A mulher de Iker Casillas, adianta na sua conta do Instagram, que foi diagnosticada com a doença há “alguns dias”. “Os médicos descobriram um tumor maligno nos ovários e fui operada”, conta, referindo que “correu tudo muito bem”, uma vez que “felizmente” descobriram e agiram cedo. “Mas ainda tenho alguns meses de luta enquanto continuo o tratamento”, desabafa.

Sara afirmou, na mesma publicação, que “está tranquila e confiante de que tudo vai dar certo”. “Sei que o caminho vai ser difícil, mas também sei que terá um final feliz. Tenho o apoio da minha família e amigos e uma ótima equipa médica. Aproveito para pedir aos meus colegas jornalistas o respeito e a compreensão com que sempre me trataram, especialmente neste momento difícil e delicado para mim e para a minha família”, rematou.

Sara Carbonero foi operada no ano passado a um tumor benigno, também descoberto após um exame de rotina.

Esta notícia chega dias depois do marido, Iker Casillas, sofrer um enfarte do miocárdio.

Atualidade

Autoridades empenharam mais de 150 elementos no transporte de combustível

Publicado

Camião

A GNR e a PSP asseguraram, no total, o transporte de combustível em 139 veículos pesados, empenhando 158 elementos nesta operação, na sequência da greve dos motoristas.

Dados divulgados à agência Lusa pelo Ministério da Administração Interna, que acrescenta que estes transportes de combustível foram realizados entre segunda-feira, dia 12 de agosto, e domingo, dia em que a greve foi desconvocada pelo segundo e último sindicato que a tinham convocado.

Devido à greve dos motoristas, o Conselho de Ministros declarou em 09 de agosto a situação de crise energética, tendo esta manhã, um dia depois da desconvocação da greve, decretado o seu fim a partir das 23:59 de hoje.

Para terça-feira está marcada uma reunião no Ministério das Infraestruturas e Habitação, em Lisboa, para a retoma de negociações entre a associação patronal Antram e o SNMMP.

Continue a ler

Populares