Ligue-se a nós

Atualidade

Sara Carbonero está a lutar contra um cancro nos ovários

Publicado

Facebook Sara Carbonero

Sara Carbonero revelou nas redes sociais que está a lutar contra um cancro nos ovários. “Quando ainda não recuperámos de um susto, a vida voltou a surpreender de novo. Desta vez, tocou-me a mim essa pesada palavra de seis letras que ainda me custa escrever”.

A mulher de Iker Casillas, adianta na sua conta do Instagram, que foi diagnosticada com a doença há “alguns dias”. “Os médicos descobriram um tumor maligno nos ovários e fui operada”, conta, referindo que “correu tudo muito bem”, uma vez que “felizmente” descobriram e agiram cedo. “Mas ainda tenho alguns meses de luta enquanto continuo o tratamento”, desabafa.

Sara afirmou, na mesma publicação, que “está tranquila e confiante de que tudo vai dar certo”. “Sei que o caminho vai ser difícil, mas também sei que terá um final feliz. Tenho o apoio da minha família e amigos e uma ótima equipa médica. Aproveito para pedir aos meus colegas jornalistas o respeito e a compreensão com que sempre me trataram, especialmente neste momento difícil e delicado para mim e para a minha família”, rematou.

Sara Carbonero foi operada no ano passado a um tumor benigno, também descoberto após um exame de rotina.

Esta notícia chega dias depois do marido, Iker Casillas, sofrer um enfarte do miocárdio.

Atualidade

Subiu para 13 o número de pessoas infetadas no hospital de S. José

Publicado

Hospital Saúde Médico

O surto de covid-19 no hospital de S. José, em Lisboa, atingiu mais uma pessoa, sendo agora 13 aqueles que testaram positivo à doença, segundo fonte do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central.

Um funcionário de limpeza do hospital teve também um teste positivo à Covid-19, juntando-se aos sete doentes, quatro enfermeiros e um assistente operacional, que já eram conhecidos.

Os sete doentes infetados, que foram transferidos para o hospital Curry Cabral, vão repetir o teste dentro de oito dias, adiantou a mesma fonte.

Na sequência deste surto, que teve início na quarta-feira, foram realizados 109 testes aos profissionais do hospital, aguardando-se o resultado de 15 resultados.

 Na quinta-feira, a presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Rosa Valente de Matos, disse, em conferência de imprensa, que foram ativados todos os procedimentos no hospital e que não há motivo para alarme.

“O Hospital de São José tem tomado e continuará a tomar todas as medidas de segurança para que os doentes possam vir com segurança ao hospital, ao nosso serviço de urgência e às nossas consultas externas”, disse Rosa Valente de Matos, num discurso em que tentou “acalmar a tranquilizar as pessoas”.

Na quarta-feira de manhã, um doente internado no serviço de cirurgia começou a apresentar sinais clínicos de possível infeção de sars-cov2, acabando por testar positivo.

Na mesma conferência de imprensa, João Varandas Fernandes, da direção clínica do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, sublinhou que foram cumpridas todas as normas de segurança, tanto do ponto de vista médico como clínico, e que não há perigo.

“Podem vir aos nossos serviços de urgência e consultas, que continuamos atentos e a trabalhar as horas que forem necessárias”, disse.

Os últimos dados conhecidos da Direção-Geral da Saúde, morreram 1.644 doentes infetados com Covid num total 45.277 casos conhecidos.

Continue a ler

Populares