Ligue-se a nós

Atualidade

Salário médio atinge 911 euros

Publicado

Dinheiro 500 euros

O rendimento mensal médio líquido dos trabalhadores por conta de outrém atingiu o valor médio de 911 euros no segundo trimestre, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Este valor é o mais alto registado desde 2011, ano em que Portugal pediu ajuda externa. Segundo o INE, o rendimento mensal médio líquido cresceu 2,7% no segundo trimestre por comparação com igual período de 2018, em termos homólogos, e 0,9% face ao trimestre anterior.

Contudo, existem ainda 100 mil pessoas a receber menos de 310 euros líquidos por mês e mais de 307 mil a receberem entre os 310 e os 600 euros.

Isto é, há uma parte da população ativa que recebe retribuição líquida mensal abaixo do salário mínimo nacional (600 euros).

O setor de atividade que registou os valores mais altos em Portugal, no segundo trimestre de 2019, foi o dos serviços, com 939 euros mensais líquidos em média, seguindo-se o setor da indústria, construção, energia e água, fixando-se nos 848 euros.

Já os setores da agricultura, a produção animal, caça, floresta e pesca ficaram em último lugar, com uma média mensal de 675 euros líquidos.

Atualidade

GNR apreendeu atum-rabilho com mais de 200 quilos em Ílhavo

Publicado

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR apreendeu na quarta-feira, na Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, um exemplar de atum-rabilho com 205 quilogramas, bem como 226 quilogramas de pescado fresco de diversas espécies, num valor estimado de 6.980 euros.

Segundo um comunicado da GNR, o pescado foi descarregado de uma embarcação de pesca costeira “sem cumprir com as obrigações respeitantes ao registo obrigatório no diário de pesca das quantidades estimadas de cada espécie, bem como a respetiva notificação prévia antes de chegada a porto”.

A GNR informa que, de acordo com a legislação em vigor, o atum-rabilho faz parte de uma das oito espécies de atum pertencentes à família “Scombridae”, sendo uma espécie e predador de topo, com elevada importância para a pesca comercial e que está em perigo de extinção.

“Foi identificado o mestre da embarcação e elaborado o respetivo auto de contraordenação pelas infrações de não registo obrigatório no diário de pesca e notificação prévia antes de chegada a porto, cujas coimas podem atingir os valores de 75 mil euros e os 125 mil euros, respetivamente”, refere a mesma nota.

Continue a ler

Populares