Ligue-se a nós

Atualidade

Rui Pinto vai ser extraditado para Portugal

Na audiência pública, Rui Pinto pediu ao Tribunal Metropolitano de Budapeste para não ser extraditado, alegando tratar-se de “uma questão de vida ou morte”, que colocava em causa a sua segurança pessoal.

Publicado

Aeroporto Viajar

Um tribunal de segunda instância da Hungria indeferiu o recurso de Rui Pinto apresentado pelo colaborador do ‘Football Leaks’ para tentar evitar a sua extradição para Portugal, avança a Agência Lusa.

A decisão não é passível de recurso, o que faz com que Rui Pinto seja extraditado no prazo de oito a 10 dias, assim como o material informático que lhe foi apreendido.

Em 5 de março, o Tribunal Metropolitano de Budapeste anunciou a extradição do português, mas Rui Pinto interpôs recurso (que teve efeito suspensivo da extradição) para uma segunda instância, que negou agora indeferiu o apelo.

Com esta decisão, Rui Pinto, que aguardou a decisão detido – estava em prisão domiciliária -, deve ser extraditado nos próximos dias a fim de ser presente às autoridades portuguesas para primeiro interrogatório judicial.

Rui Pinto esteve em prisão domiciliária em Budapeste desde 18 de janeiro e até 05 de março, na sequência de um mandado de detenção europeu emitido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP).

Na base do mandado estão o acesso aos sistemas informáticos do Sporting e do fundo de investimento ‘Doyen Sports’ e posterior divulgação de documentos confidenciais, como contratos de jogadores do Sporting e do então treinador Jorge Jesus, assim como de contratos celebrados entre a ‘Doyen’ e vários clubes de futebol.

Atualidade

Homem encontrado morto em empresa de Vale de Cambra

Publicado

Emergência Ambulância

Um homem de 30 anos foi encontrado morto, esta quarta-feira de manhã, na empresa Estaleiros da Restrada, na EN 227, na freguesia de Roge, concelho de Vale de Cambra, confirmou fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro à TVI24.

O alerta foi dado às 7:59. Ao que foi possível apurar, tratou-se de um homicídio. No local está já a Polícia Judiciária para tomar conta da ocorrência.

Para o local foram mobilizados seis operacionais e três veículos do INEM e dos Bombeiros de Vale de Cambra.

Continue a ler

Populares