Ligue-se a nós

Atualidade

Rapper bate recorde com mais de 33 horas a improvisar sem parar

Publicado

O rapper norte-americano George Watsky bateu o recorde mundial de mais longa transmissão online de rap freestyle.

O feito foi alcançado na última quinta-feira (7), quando completou mais de 33 horas ininterruptas fazendo rap para todos os que o acompanhavam nas plataformas Twitch TV, YouTube e Facebook.

O recorde anterior, segundo o Guinness World Records, era de mais de 26 horas e pertencia a Pablo Alvarez, que chegou a essa marca no ano de 2017 em transmissão realizada no Facebook. Watsky também superou o recorde não-oficial realizado pelo rapper Frzy, que era de mais de 31 horas.

Além de conquistar o recorde mundial, George Watsky também juntou mais de US$ 140 mil (cerca de 129 mil euros, de acordo com a cotação atual) em doações. Parte desse valor irá para a Sweet Relief, uma organização sem fins lucrativos que vem ajudando músicos e trabalhadores da indústria musical que foram afetados pela pandemia de coronavírus (Covid-19).

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

Já pode ir ao cinema a partir de segunda-feira

Publicado

Ao fim de mais de dois meses, os teatros e as salas de espetáculo e de cinema poderão reabrir com “lugares marcados, todas as filas ocupadas” e “um lugar de intervalo entre os espectadores, exceto se forem coabitantes”, disse hoje a ministra da Cultura à agência Lusa.

O uso de máscara  vai ser obrigatório para o público e tem de haver “higienização dos espaços entre espetáculos ou sessões”.

No caso dos teatros, terá de ser garantida “uma distância de dois metros entre a boca de cena e a primeira fila” e “os corpos artísticos e equipas técnicas não têm de usar Equipamento de Proteção Individual [EPI] em palco, mas sim à entrada e saída de palco”.

As regras mudam em relação aos eventos culturais ao ar livre. Nesse caso, “não é obrigatório o uso de máscara” pelo público.

O espaço onde decorrer o evento, como uma praça ou um parque, “tem de ter delimitações”, assim como têm de ser “assinalados os locais onde as pessoas devem estar (podem ser marcações no chão, bancos, cadeiras)” e tem de haver “1,5 metros de distância entre as pessoas”, ou grupos de coabitantes.

A reabertura de salas de espetáculos, teatros e cinemas, bem como a retoma de eventos culturais ao ar livre está prevista na terceira fase do “Plano de Desconfinamento” do Governo.

As regras gerais de reabertura, que pode acontecer a partir de segunda-feira, foram definidas pelo Ministério da Cultura “em diálogo com a Direção-Geral de Saúde”.

Lusa

Continue a ler

Populares