Ligue-se a nós

Atualidade

Proteção Civil abre inquérito sobre queda de helicóptero em Coimbra

Publicado

Emergência Ambulância

A Proteção Civil vai abrir um inquérito para apurar as causas da queda de um helicóptero do dispositivo especial de combate a incêndios quando descolava do Centro de Meios Aéreos na Pampilhosa da Serra, Coimbra.

Fonte da Proteção Civil disse à Lusa que o helicóptero, que transportava cinco elementos do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), um dos quais sofreu ferimentos ligeiros, caiu ao descolar do Centro de Meios Aéreos.

Anteriormente uma fonte da Proteção Civil tinha dito à Lusa que o acidente ocorreu no aeródromo da Pampilhosa da Serra.

A mesma fonte precisou que o alerta foi dado às 10:50.

Segundo a página da Proteção Civil, para o local foram mobilizados 17 operacionais e sete viaturas.

O helicóptero acidentado sofreu “danos materiais significativos” e vai ser “substituído nas próximas duas horas”, indicou a Proteção Civil, referindo que este meio aéreo foi mobilizado para o combate a um incêndio no concelho de Proença-a-Nova, no distrito de Castelo Branco.

O acidente vai ser investigado pelo Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF).

Com este acidente, contabilizam-se pelo menos quatro desastres com helicópteros de combate a incêndios durante este ano, depois de se terem registado situações em Tomar, distrito de Santarém (Castelo do Bode), na barragem do Beliche, no Algarve, e no Sabugal, distrito da Guarda.

Atualidade

Portugal excluído de “corredores” pelo Reino Unido continua sujeito a quarentena

Publicado

Aeroporto Viajar

Portugal foi excluído dos “corredores de viagem internacionais” com destinos turísticos que o Reino Unido vai abrir para permitir aos britânicos passarem férias sem cumprir quarentena no regresso, foi hoje confirmado.

Portugal, onde foram identificados vários surtos localizados de covid-19 nas últimas semanas, não está na lista de 59 países e territórios hoje publicada, que inclui Espanha, Alemanha, Grécia, Itália, Macau ou Jamaica.

“Esta lista poderá ser aumentada nos próximos dias, após discussões adicionais entre o Reino Unido e parceiros internacionais”, refere-se o ministério dos Transportes britânico.

Continue a ler

Populares