Ligue-se a nós

Atualidade

Primeiro Super Jackpot Mínimo Garantido de 130 ME do novo Euromilhões sorteado hoje

Publicado

Euromilhões

O primeiro ‘jackpot’ de 130 milhões de euros do novo Euromilhões é hoje sorteado, na sequência de uma reformulação dos prémios e da imagem do jogo acordada por 10 operadores europeus e que se efetivou este mês.

O sorteio do Euromilhões vai passar a contar com pelo menos três sorteios anuais de 130 milhões de euros como prémio mínimo garantido e os ‘jackpots’ acumulados podem atingir um valor de 250 milhões de euros.

De acordo a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), que gere os jogos sociais do Estado, “o aumento do valor máximo do ‘jackpot’ para 200 milhões de euros (atualmente em 190 milhões de euros é a principal novidade do novo Euromilhões”.

“Se este valor for atingido, pode manter-se durante cinco sorteios consecutivos sem que o primeiro prémio seja atribuído. Mas, caso o ‘jackpot’ de 200 milhões saia, no ciclo seguinte o valor máximo aumentará para 210 milhões, e o mesmo mecanismo será repetido, sucessivamente, em parcelas de 10 milhões, até atingir o montante máximo de 250 milhões”, explica a SCML em comunicado.

A reformulação dos prémios, acordada pelos 10 operadores europeus deste jogo, é uma das novidades associadas à mudança de imagem do Euromilhões, visível nos bilhetes desde o sorteio de 04 de fevereiro.

“A nova vida do Euromilhões conta também com a probabilidade de ocorrerem ‘jackpots’ mais elevados e frequentes e com a realização anual de três sorteios promocionais de Super Jackpot Mínimo Garantido, que irão oferecer prémios no valor de 130 milhões de euros (ou aproximado)”, adiantou a SCML.

O formato do jogo, no entanto, mantém-se inalterado: os apostadores devem continuar a escolher em cada aposta cinco números e duas estrelas, o valor de aposta mínimo mantém-se nos 2,5 euros, que inclui o sorteio semanal do jogo “M1LHÃO”, e as possibilidades de se ser premiado continuam a ser de 1 em 13.

O Euromilhões foi lançado a 13 de fevereiro de 2004, em Espanha, França e Inglaterra, chegou a Portugal, Irlanda, Áustria, Bélgica, Suíça e Luxemburgo a 02 de outubro do mesmo ano, e o primeiro sorteio realizou-se em Portugal no dia 8 de outubro de 2004.

Atualidade

MAI apela a empresas para facultarem documento que justifique deslocações

Publicado

O ministro da Administração Interna alertou hoje para as restrições de circulação durante o período da Páscoa e por isso apelou às empresas para que facultem aos trabalhadores um documento que justifique as deslocações fora do concelho de residência.

Em conferência de imprensa realizada após a quinta reunião da estrutura de monitorização do estado de emergência, realizada no Ministério da Administração Interna, Eduardo Cabrita disse que, entre os dias 09 e 13 de abril, vai haver “um conjunto de restrições à circulação muito significativas”, sublinhando que, durante este período, “apenas por razões imperiosas de saúde ou de urgência” e de trabalho se pode sair do concelho de residência.

Nesse sentido, apelou às entidades patronais para que preparem um documento que justifique, durante esse período da Páscoa, as deslocações fora do concelho da residência, indicando em que atividade trabalha e qual a razão.

O estado de emergência foi hoje renovado até 17 de abril com mais medidas restritivas, nomeadamente a proibição de grupos na rua com mais de cinco pessoas, além de regras mais apertadas de circulação para o período da Páscoa, como encerramento dos aeroportos e proibição de circulação fora do concelho de residência.

O ministro sublinhou que as polícias municipais vão ter mais poderes, passando atuar numa “cooperação expressa com as forças de segurança”.

O novo decreto do estado de emergência dá também, segundo Eduardo Cabrita, mais poderes às juntas de freguesias, que têm um “papel ativo muito importante” na consciencialização dos portugueses.

O ministro sublinhou que as juntas de freguesia têm agora “competência expressa de aconselhamento, recomendação e comunicação” às forças de segurança de situações de incumprimento.

 

Continue a ler

Populares