Ligue-se a nós

Atualidade

Primeira-ministra britânica demite-se

Publicado

Foto: Facebook Theresa May

Theresa May não resistiu à falta de consenso quanto às condições para a saída da União Europeia, o chamado Brexit, e anunciou a demissão.

Numa declaração emocionada, Theresa May disse ter feito o “melhor que conseguiu” para honrar o resultado do referendo de 2016, que defendia a saída da União Europeia.

“Foi a grande honra da minha vida ter sido a segunda primeira-ministra, mas certamente não a última” do Reino Unido, afirmou May, que terminou o discurso com a voz embargada pelas lágrimas.

Sobre a votação do acordo do Brexit negociado por May com a União Europeia rejeitado já três vezes pelo Parlamento britânico e marcada mais uma vez pela primeira-ministra cessante para 3 de junho não foram avançados pormenores. “O meu sucessor terá de encontrar um consenso”, disse a primeira-ministra.

A decisão de May foi anunciada esta sexta-feira de manhã, à porta da sua residência oficial, o número 10 de Downing Street, depois de esta manhã ter estado reunida com Graham Brady, presidente do “Comité de 1922”, responsável pela organização do Partido Conservador.

Atualidade

Autoridades empenharam mais de 150 elementos no transporte de combustível

Publicado

Camião

A GNR e a PSP asseguraram, no total, o transporte de combustível em 139 veículos pesados, empenhando 158 elementos nesta operação, na sequência da greve dos motoristas.

Dados divulgados à agência Lusa pelo Ministério da Administração Interna, que acrescenta que estes transportes de combustível foram realizados entre segunda-feira, dia 12 de agosto, e domingo, dia em que a greve foi desconvocada pelo segundo e último sindicato que a tinham convocado.

Devido à greve dos motoristas, o Conselho de Ministros declarou em 09 de agosto a situação de crise energética, tendo esta manhã, um dia depois da desconvocação da greve, decretado o seu fim a partir das 23:59 de hoje.

Para terça-feira está marcada uma reunião no Ministério das Infraestruturas e Habitação, em Lisboa, para a retoma de negociações entre a associação patronal Antram e o SNMMP.

Continue a ler

Populares