Ligue-se a nós

Atualidade

Portugueses vão gastar em média 1.300 euros nas férias de verão

Publicado

Praia

Quase metade dos portugueses planeiam passar as férias de verão em Portugal, na praia, e com 1.333 euros para gastar, revela um barómetro da Europ Assistance.

A praia vai ser mesmo um destino de eleição, para 61% dos portugueses, mas «existe ainda um número significativo que pretende fazer férias numa cidade: 34%, um valor acima da média europeia que fica pelos 25%».

Outro dos dados revelados pelo barómetro é que o tempo de férias em Portugal será menor que em outros países da Europa: «Portugal fica por 1,7 semanas, enquanto os franceses vão até às duas semanas e os suíços, espanhóis e belgas até às 1,9 semanas».

Na hora de escolher o destino, o orçamento pesa para 69% dos entrevistados nacionais, «enquanto a média europeia ficou nos 53%». Em média, o orçamento disponível para as férias de verão em Portugal será de 1,333 euros, enquanto a média europeia atinge os 2.019 euros, diz o estudo.

Atualidade

Parlamento aprova voto de pesar pela morte de criança em Peniche

Publicado

O parlamento aprovou hoje um voto de pesar pela morte de Valentina Fonseca, de nove anos, em Peniche, um caso ocorrido em maio, em que o pai é um dos suspeitos do crime.

A comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias aprovou hoje votos de pesar pela morte da criança da autoria do BE, CDS, PSD e PAN e chumbou um voto apresentado pelo deputado do Chega, que não participou na reunião.

Todos os votos manifestam pesar pela morte da criança, tendo sido decidido que haverá um texto comum, dado que os quatro tinham o mesmo objetivo – manifestar pesar e consternação pelo falecimento de Valentina Fonseca.

O voto do deputado do Chega foi chumbado por todos os deputados presentes (do PS, PSD, PCP, BE e a deputada não inscrita Joacine Katar Moreira) pelas referências a em defesa da pena de prisão perpétua.

Valentina, de nove anos, foi dada como desaparecida na manhã do dia 07 de maio, depois de uma denúncia do pai no posto da GNR de Peniche, e encontrada três dias depois num pinhal.

O pai da criança é considerado o autor do crime, de acordo com o juiz de instrução do Tribunal de Leiria, que decretou a prisão preventiva ao homem e à madrasta da menina em 13 de maio.

Continue a ler

Populares