Ligue-se a nós

Desporto

Portugal qualifica-se para as meias-finais do Mundial de futebol de praia

Publicado

A seleção portuguesa de futebol de praia, que eliminou na quinta-feira o Senegal, vai disputar o acesso à final do Mundial com o Japão, ‘carrasco’ do Uruguai, num embate marcado para sábado, em Assunção, no Paraguai.

No encontro que fechou os quartos de final, os nipónicos, que têm como melhor registo em Mundiais os quartos lugares de 2000 e 2005, superaram na quinta-feira a formação ‘celeste’ por 3-2, com tentos de Takaaki Oba, Masanori Okuyama e Teruki Tabata.

Os uruguaios, que estiveram a perder por 3-0, ainda reduziram, por Gaston Laduche, de penálti, e Marcelo Capurro, a 20 segundos do final do encontro.

Antes, Portugal superou o Senegal por 4-2, com tentos de Jordan Santos, Lansana Diassy (própria baliza), Léo Martins e Bê Martins, mantendo-se na corrida ao terceiro título Mundial, depois dos conquistados em 2001 e 2015.

Na outra meia-final, defrontam-se duas formações europeias, a Rússia, que surpreendeu o campeão em título Brasil por 4-3, e a Itália, vencedora por 5-4 face à Suíça, graças a um golo no último segundo de Emmanuele Zurlo, autor de um ‘hat-trick’.

Os russos somam dois títulos, em 2011 e 2013, e foram terceiros em 2015, enquanto a Itália foi segunda em 2008, derrotada na final pelo Brasil por 5-3, terceira em 1996 e quarta em 1995, 2004 e nas duas últimas edições (2015 e 2017).

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

Dia JJ

Publicado

Jorge Jesus vai ser apresentado hoje como treinador da equipa de futebol do Benfica, numa cerimónia no centro de estágios do clube, que terá a presença do presidente das ‘águias’, Luís Filipe Vieira.

A apresentação, no Seixal, acontecerá dois dias depois de as ‘águias’ terem perdido a final da Taça de Portugal para o FC Porto (2-1), em Coimbra, no encontro que fechou oficialmente a época futebolística em Portugal.

Jorge Jesus, de 66 anos, está de regresso ao clube da Luz cinco anos depois de ter saído para o Sporting, tendo sido técnico principal do Benfica entre 2009/10 e 2014/15, período em que conquistou 10 títulos, nomeadamente três campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e cinco edições da Taça da Liga.

Nas seis épocas em que comandou o Benfica, tornou-se no treinador com mais jogos (325) e mais vitórias (229) na história do clube.

Jesus começou a carreira no Amora, em 1989/90, e, depois, passou por Felgueiras, União da Madeira, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória de Guimarães, Moreirense, União de Leiria, Belenenses e Sporting de Braga, antes de chegar à Luz.

Depois de se tornar o mais titulado treinador dos ‘encarnados’, que também levou a duas finais da Liga Europa, perdidas para Chelsea (2012/13) e Sevilha (2013/14), rumou ao Sporting, tendo passado ainda pelo Al-Hilal antes de chegar ao Flamengo, no qual arrecadou seis troféus em pouco mais de um ano, entre os quais o campeonato brasileiro e a Taça Libertadores.

Neste regresso à Luz, Jorge Jesus vai substituir o técnico interino Nélson Veríssimo, que assumiu o comando da formação benfiquista após a demissão de Bruno Lage.

Continue a ler

Populares