Ligue-se a nós

Música

Portugal falha final da Eurovisão

Publicado

Portugal falhou esta terça-feira a passagem à final do 64.º Festival Eurovisão da Canção com Conan Osíris a ficar pelo caminho.

A exclusão de Portugal, com a canção “Telemóveis” da final já era expectável, a avaliar pela média de várias casas de apostas, calculada pelo ‘site’ eurovisionworld.com.

Esta é a nona vez que Portugal falha uma passagem à final do Festival Eurovisão da Canção. Entre 2004 e 2007, inclusive, e em 2011, 2012, 2014 e 2015 Portugal falhou a final.

Na luta pelo Festival continuam: Grécia (Katerine Duska, “Better Love”), Chipre (Tamta, “Replay”), Austrália (Kate Miller-Heidke, “Zero Gravity”), Islândia (Hatari, “Hatrið mun sigra”), Sérvia (Nevena Božović, “Kruna”), República Checa (Lake Malawi, “Friend of a friend”), Eslovénia (Zara Kralj & Gašper Šantl, “Sebi”), Estónia (Victor Crone, “Storm”), Bielorrússia (Zena, “Like it”) e São Marino (Serhat, “Say Na Na Na”).

Já Portugal, Montenegro, Finlândia, Polónia, Hungria, Bélgica e Georgia ficaram pelo caminho.

A final acontece no próximo sábado, em Telavive, Israel.

Música

André Barros vence prémio internacional nos Independent Music Awards

Publicado

Foto: Facebook André Barros by Alvin Zogu

O músico português André Barros foi distinguido pelos prémios internacionais Independent Music Awards como autor da melhor canção usada em filme/TV/jogo, pela composição “Leda”.

O compositor partilhou nas suas redes sociais o momento em que o seu nome é anunciado como vencedor.

André Barros, compositor e pianista, foi nomeado este ano para dois prémios que distinguem melhor canção independente usada em campanhas publicitárias e melhor canção em filmes/tv/jogo.

Os Independent Music Awards contaram este ano com mais de 400 artistas “indies” (independentes) nomeados pelo seu trabalho em mais de 100 categorias, entre as quais se consideram álbuns, canções, vídeos, produção, fotografia e design.

Natural da Marinha Grande, André Barros estreou-se em 2013 com o álbum “Circustances” e continuou em 2015 com “Soundtracks Vol. One”, em 2016 com “In Between” e 2017 com “Reasons”.

Continue a ler

Populares