Ligue-se a nós

Desporto

Portugal conquista Mundialito de futebol de praia

Publicado

Foto: Facebook Município da Nazaré

A seleção portuguesa de futebol de praia conquistou esta quinta-feira a 23.ª edição do Mundialito, ao vencer por 4-2 a Espanha, no terceiro e último encontro da prova que decorreu na Nazaré.

Depois das vitórias sobre Senegal (7-1) e Japão (4-2), a formação comandada por Mário Narciso só precisava de um empate para erguer o troféu e foi precisamente esse o resultado que se registava no final do primeiro período, com golos de Rúben Brilhante, para Portugal, e José Cintas, para a Espanha.

No segundo terço, Bruno Torres e Jordan Santos recolocaram a equipa das quinas em vantagem, antes de Belchior dilatar o marcador no terceiro período.

Pouco depois, David Ardil reduziu para os espanhóis, fechando as contas da partida.

Com três triunfos no mesmo número de jogos, Portugal terminou o Mundialito com nove pontos, enquanto a Espanha foi terceira, com três.

No outro jogo da última ronda do Mundialito, o Senegal bateu o Japão, por 3-2, após prolongamento, e assegurou o segundo posto da prova, com seis pontos. Já os nipónicos ficaram no último lugar, sem qualquer ponto.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Desporto

Casillas anuncia candidatura à presidência da federação espanhola

Publicado

O espanhol Iker Casillas vai candidatar-se à presidência da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF), anunciou hoje o guarda-redes do FC Porto, confirmando o fim próximo da carreira profissional.

“Sim, vou candidatar-me à presidência da RFEF quando se convocarem eleições. Juntos vamos pôr a nossa federação à altura do melhor futebol do mundo: o de Espanha”, afirma Casillas na rede social Twitter.

Casillas tinha anunciado em setembro que revelaria o seu futuro em março, depois de quase um ano parado, devido ao enfarte sofrido num treino dos ‘dragões’, em 01 maio de 2019, que o obrigou a uma intervenção cirúrgica.

Desde então, não voltou a jogar, mas manteve-se ligado ao FC Porto, permanecendo a dúvida quanto a um regresso à competição, embora o presidente da Liga espanhola, Javier Tebas, tenha chegado a dizer que Casillas admitia voltar.

O futebolista, de 38 anos, oficializa agora o final da carreira enquanto jogador, ainda que o seu último jogo tenha sido disputado em 26 de abril de 2019, com um empate na visita ao Rio Ave (2-2), para a I Liga portuguesa.

Após o enfarte e já no período de recuperação, o FC Porto anunciou que o espanhol iria integrar, enquanto recuperava, o “staff diretivo da equipa de futebol”, mas chegou a inscrevê-lo na I Liga para a atual época.

O guarda-redes chega às eleições da RFEF identificado como uma das figuras mais conceituadas do futebol mundial, após uma carreira em que se notabilizou, sobretudo, na seleção espanhola e no Real Madrid.

Continue a ler

Populares