Ligue-se a nós

Atualidade

Portugal com mais seis mortos por covid-19 nas últimas 24 horas 

Publicado

Portugal contabiliza hoje mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 780 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo a DGS, os seis mortos foram registados na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Os dados de hoje indicam que Portugal ultrapassou a barreira dos 20 mil casos ativos contabilizando 20.229, mais 515 nas últimas 24 horas.

Os dados indicam ainda que 465 pessoas com covid-19 estão internadas nos hospitais (menos 15 em relação a quinta-feira), das quais 57 (menos duas) em unidades de cuidados intensivos.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se verifica o maior número de infeções no país, foram notificados 426 novos casos, contabilizando 34.386 casos de infeção e 717 mortes desde o início da pandemia.

A região Norte regista hoje mais 250 casos, somando agora um total de 24.234, com 864 mortos.

Na região Centro registaram-se mais 46 casos, tendo agora 5.526 infeções e 256 mortos contabilizados desde o início da pandemia.

No Alentejo foram registados mais 36 casos de covid-19, totalizando 1.267 casos e 23 mortos até agora.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 20 casos de infeção, somando um total de 1.324 casos e 19 mortos por covid-19.

Na região autónoma dos Açores não há hoje registo de casos, somando 241 infeções 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira regista hoje dois casos, contabilizando 198 infeções, sem óbitos até hoje.

Nas últimas 24 horas 258 doentes recuperaram, pelo que 45.053 pessoas já superaram da infeção desde o início da pandemia em Portugal.

Desporto

Cristiano Ronaldo já não tem Covid-19

Publicado

O internacional português que alinha na Juventus, teve um resultado negativo para o novo coronavírus,  e vai terminar o isolamento, informou hoje o clube campeão italiano de futebol.

“Cristiano Ronaldo realizou novo teste, que teve um resultado negativo. Desta forma, o jogador está recuperado e deixa de estar sujeito ao isolamento domiciliário”, anunciou a Juventus, através do site oficial.

O primeiro teste positivo aconteceu em 13 de outubro, quando Ronaldo estava ao serviço da seleção portuguesa. O avançado ainda viajou para Turim e tem permanecido em isolamento, tendo falhado o encontro da equipa das ‘quinas’ com a Suécia (3-0), para a Liga das Nações.

Na terça-feira, duas semanas após a primeira despistagem, Ronaldo voltou a ter um teste com resultado positivo, o que deixou o jogador, de 35 anos, fora do encontro da Juventus com o FC Barcelona, da segunda jornada da Liga dos Campeões, que os ‘bianconeri’ perderam por 2-0.

Desta forma, Ronaldo volta a estar à disposição do treinador da Juventus, Andrea Pirlo, para o embate com o Spezia, no domingo, relativo à sexta jornada da Liga italiana.

Continue a ler

Populares