Ligue-se a nós

Atualidade

Polícia espanhola interceta veleiro com 800 quilos de cocaína perto dos Açores

Publicado

A Polícia Nacional espanhola intercetou em águas internacionais, perto do arquipélago dos Açores, um veleiro com 800 quilos de cocaína. Os três marinheiros a bordo foram detidos.

Segundo a polícia espanhola, a embarcação “Seascape” foi localizada por um navio da Autoridade Tributária e Aduaneira espanhola, que deverá chegar hoje ao porto de Las Palmas de Gran Canaria para uma inspeção detalhada, o que está previsto acontecer às 12:00 locais (a mesma hora em Lisboa).

Segundo a Direção-Geral da Polícia espanhola, o delegado do Governo nas Canárias e os responsáveis pela operação vão ainda hoje, no Arsenal Militar de Las Palmas, dar informações mais detalhadas sobre a detenção.

Atualidade

Covid-19: Segundo tripulante português hospitalizado no Japão

Publicado

Um segundo cidadão português está hospitalizado no Japão “por indícios relacionados” com o Covid-19, também tripulante do navio de cruzeiros Diamond Princess, confirmou à agência Lusa o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

“Dois dos tripulantes portugueses do Diamond Princess tiveram de ser hospitalizados, no Japão, por indícios relacionados com o novo coronavírus. Ambos dispõem dos cuidados médicos necessários e são apoiados pela embaixada portuguesa em Tóquio”, disse numa resposta escrita à Lusa fonte oficial do MNE.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros confirmou que um dos portugueses é Adriano Maranhão e o segundo infetado “não quer ser identificado” e pediu que a “sua situação seja mantida privada”.

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirmou hoje que havia um segundo caso nas mesmas circunstâncias que as do português infetado pelo novo coronavírus.

“Há um reduzido número de portugueses que, por sua vontade, permaneceram e permanecem na cidade chinesa de Wuhan e a informação que tenho é que todos se encontram bem. Há um cidadão português internado num hospital no Japão que é tripulante de um navio de cruzeiro e que está a receber tratamento, há outro cidadão português nas mesmas circunstâncias, três tripulantes portugueses que ainda estão a bordo desse navio de cruzeiro e todos eles têm sido submetidos a testes que têm dado sempre resultados negativos”, afirmou.

O chefe de diplomacia portuguesa falava aos jornalistas, à margem da sessão de encerramento do ciclo de conferências “NATO aos 70: Passado e Futuro”, em Lisboa.

Continue a ler

Populares