Ligue-se a nós

Atualidade

Polícia brasileiro acusado de homicídio qualificado de menina de 8 anos pelo MP

Publicado

Brasil bandeira

O Ministério Público (MP) do Rio de Janeiro, Brasil, acusou de homicídio qualificado o agente da polícia suspeito de matar uma menina de 8 anos, durante uma operação policial numa favela do Complexo do Alemão, em setembro.

Em comunicado, o MP do Rio de Janeiro anunciou a acusação do polícia militar (PM) Rodrigo José de Matos Soares, acrescentando que, caso condenado, o agente poderá cumprir pena de 12 a 30 anos de prisão.

A menina Ágatha Félix foi atingida, em 20 de setembro, com um tiro nas costas enquanto viajava numa carrinha, acompanhada pela mãe, no Complexo do Alemão, um conjunto de favelas na parte norte da capital fluminense.

Segundo a investigação, o polícia matou Ágatha por um “erro de execução”, já que o agente tencionava alcançar dois indivíduos que circulavam de motociclo e não teriam respeitado um bloqueio policial.

O projétil, porém, terá batido num obstáculo, desviando-se, tendo atingido Ágatha dentro do veículo, declarou ainda a acusação.

A Polícia Civil brasileira já tinha apresentado em 19 de novembro uma acusação formal contra o agente da polícia militar em causa, pela morte da menina de 8 anos.

A investigação conduzida pela Polícia Civil afastou a tese de legítima defesa apresentada pelo polícia, “já que não houve nenhuma agressão aos polícias, ficando assim demonstrado que a ação violenta foi imoderada e desnecessária”.

Atualidade

Suspeito de esfaquear rapaz de 16 anos em escola de Gondomar entregou-se à GNR

Publicado

Um jovem de 18 anos suspeito de ter esfaqueado esta manhã um outro de 16 anos numa escola de Fânzeres, em Gondomar, distrito do Porto, entregou-se no posto da GNR local, disse à Lusa fonte policial.

Em declarações à agência Lusa, fonte da GNR confirmou que o suspeito “se entregou no posto da GNR” de Fânzeres.

A vítima foi transportada ao Hospital de São João e, de acordo com informações chegada ao Comando Territorial da GNR do Porto, não corre risco de vida.

O caso ocorreu pelas 10:30 na Escola EB 2,3 de Santa Bárbara, em Fânzeres, concelho de Gondomar.

Continue a ler

Populares