Ligue-se a nós

Atualidade

O título volta a estar em jogo… na Luz e no Dragão

Publicado

Benfica e FC Porto vão discutir hoje a liderança da I Liga portuguesa de futebol, com os ‘encarnados’ a receberem o Santa Clara, enquanto o FC Porto joga em casa frente ao Boavista, em jogos da 28.ª jornada.

Com as duas equipas com os mesmos 64 pontos na liderança da prova, o Benfica é o primeiro a entrar em campo, pelas 19:15, no Estádio da Luz, em Lisboa, para receber os açorianos do Santa Clara, numa partida que será arbitrada por João Pinheiro, da associação de Braga.

Depois de quatro empates consecutivos, os ‘encarnados’ regressaram às vitórias na jornada passada, com um triunfo por 2-1 na visita ao Rio Ave, enquanto o Santa Clara não perde há quatro jogos [três empates e uma vitória] e está em nono lugar, com 35 pontos.

Mais tarde, pelas 21.15, é a vez de o FC Porto entrar em campo no dérbi da cidade do Porto frente ao Boavista, no Estádio do Dragão e vai arbitrado por Artur Soares Dias, da associação portuense.

Os ‘dragões’, que na última jornada empataram na visita ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves (0-0), vão procurar regressar às vitórias frente a um Boavista que vem de dois triunfos consecutivos, com Sporting de Braga e Vitória de Setúbal.

O Benfica divide a liderança do campeonato com o FC Porto, por ter melhor diferença de golos – fator de desempate usado até à penúltima jornada -, mas, no fim da prova, em caso de igualdade pontual, os ‘dragões’ prevalecem, face à vantagem no confronto direto [2-0 na Luz e 3-2 no Dragão].

Atualidade

Doze pessoas infetadas em surto no hospital de S. José em Lisboa

Publicado

Hospital Saúde Médico

Doze pessoas entre doentes e funcionários do hospital de S. José testaram positivo à covid-19, após ter sido identificado na quarta-feira um caso de infeção no serviço de cirurgia, anunciou hoje o hospital.

Segundo João Varandas Fernandes da direção clínica do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, testaram positivo sete doentes, que foram transferidos para o serviço de infeciologia do hospital Curry Cabral, quatro enfermeiros e um assistente operacional.

A presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar, Rosa Valente de Matos, sublinhou que foram ativados todos os procedimentos e que não há motivo para alarme.

Continue a ler

Populares