Ligue-se a nós

Entretenimento

Nova plataforma digital permite assistir a concertos e promover artistas

Publicado

“Be Live See Live”.  Assim se chama a nova plataforma digital de transmissão de concertos que  vai ser lançada em setembro, conjugando a possibilidade de se adquirirem álbuns e ‘merchandising’ dos artistas, anunciaram hoje os promotores.

Concertos dos The Last Internationale, de Valter Lobo e da banda portuguesa Ganso estão já anunciados para o primeiro mês de atividade.

A plataforma  vai ficar disponível no endereço www.beliveseelive.com, e visa “produzir concertos com lotações (obrigatoriamente) reduzidas, mas maximizando a rendibilidade com acesso a ‘live stream'”.

Esta plataforma permite assistir a um concerto no telemóvel, ‘tablet’, computador ou ‘smart Tv’, mas também “adquirir juntamente, outros conteúdos da banda/artista”, como discos e outros materiais promocionais.

“Desta forma, sempre que alguém acede a um concerto, estamos a apoiar várias entidades da indústria da música”, lê-se no comunicado hoje divulgado.

Segundo a programação apresentada, no dia 19 de setembro, atua nesta plataforna a banda rock norte-americana The Last Internationale, do guitarrista Edgey Pires e da vocalista Delila Paz.

No dia 17, concerto de Valter Lobo, que anunciara em março iniciar um ciclo de concertos para o máximo de 20 pessoas, intérprete de temas como “Tenho Saudades” ou “Raios de Luz”.

No dia 24 de setembro, a banda portuguesa Ganso, formada pelos músicos Luís Salamandro, Miguel Barreira, João Sala, Thomas Oulman e Gonçalo Bicudo, intérprete de canções como “A Pistoleira”, “Gansão”, “Brad Pintas ou “Tanto Faz”.

 

Lusa

Entretenimento

SIC exige a Cristina Ferreira 20 milhões de euros de indemnização

A saída de Cristina Ferreira da SIC foi conhecida em 17 de julho, altura em que foi anunciado que iria regressar à TVI em setembro como diretora e tornar-se acionista da Media Capital.

Publicado

Foto: facebook.com/cristinaferreiratv

A SIC já deu entrada com um processo contra a apresentadora e diretora de ficção e entretenimento da TVI, Cristina Ferreira, no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, para o pagamento de uma indemnização de 20 milhões de euros.

De acordo com o portal Citius, consultado pela Lusa, o processo da SIC – Sociedade Independente de Comunicação contra Cristina Maria Jorge Ferreira e a empresa Amor Ponto, Lda, deu entrada no dia 23 de setembro, e visa o pagamento de uma indemnização, no valor de 20.287.084,54 euros, na sequência do incumprimento do contrato com a SIC.

Contactada pela Lusa, fonte oficial da SIC confirmou “que deu entrada ontem [quarta-feira] um processo” contra Cristina Ferreira no tribunal.

Em 19 de agosto, foi tornado público que a SIC exigia uma indemnização de 20 milhões de euros à apresentadora, devido ao incumprimento do contrato que estava em vigor até 2022, mas Cristina Ferreira refutou e disse que iria defender os seus interesses “até às últimas instâncias”.

Sobre esta matéria, “gostaria apenas de esclarecer que a referida quantia não tem qualquer fundamento ou base contratual, pelo que refuto em absoluto a pretensão daquela entidade, estando disposta a assegurar e defender os meus interesses até às últimas instâncias”, declarou Cristina Ferreira, na altura.

O montante apurado tem em conta, além do incumprimento do contrato, os prejuízos calculados por perdas de receitas em IVR (concursos com chamadas de valor acrescentado), em publicidade, em patrocínios e em ações comerciais.

Continue a ler

Populares