Ligue-se a nós

Atualidade

Nova busca na cadeia de Paços de Ferreira apreende 18 telemóveis

Publicado

Dezenas de elementos da Guarda Prisional apreenderam no Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira (EPPF) 18 telemóveis e seis seringas, no âmbito de uma busca realizada na madrugada desta terça-feira.

A operação levou ao encerramento geral do espaço, com “uma busca seletiva a diversos espaços celulares do estabelecimento”, segundo um comunicado da Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

Da busca resultou a “apreensão de 18 telemóveis, seis seringas, duas gramas de uma substância que se presume ser estupefaciente, um recipiente com fruta fermentada, uma arma branca de fabrico artesanal e alguns produtos alimentares cuja posse não é permitida nas celas”.

Foram ainda apreendidos “alguns equipamentos elétricos autorizados (como televisões e play station) mas que apresentavam quebra dos selos de segurança”.

Já no dia 15 de fevereiro, a Guarda Prisional tinha apreendido telemóveis, drogas e outros artigos numa megaoperação, envolvendo mais de 100 operacionais.

Atualidade

Autoridades empenharam mais de 150 elementos no transporte de combustível

Publicado

Camião

A GNR e a PSP asseguraram, no total, o transporte de combustível em 139 veículos pesados, empenhando 158 elementos nesta operação, na sequência da greve dos motoristas.

Dados divulgados à agência Lusa pelo Ministério da Administração Interna, que acrescenta que estes transportes de combustível foram realizados entre segunda-feira, dia 12 de agosto, e domingo, dia em que a greve foi desconvocada pelo segundo e último sindicato que a tinham convocado.

Devido à greve dos motoristas, o Conselho de Ministros declarou em 09 de agosto a situação de crise energética, tendo esta manhã, um dia depois da desconvocação da greve, decretado o seu fim a partir das 23:59 de hoje.

Para terça-feira está marcada uma reunião no Ministério das Infraestruturas e Habitação, em Lisboa, para a retoma de negociações entre a associação patronal Antram e o SNMMP.

Continue a ler

Populares