Ligue-se a nós

Atualidade

Nova busca na cadeia de Paços de Ferreira apreende 18 telemóveis

Publicado

Dezenas de elementos da Guarda Prisional apreenderam no Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira (EPPF) 18 telemóveis e seis seringas, no âmbito de uma busca realizada na madrugada desta terça-feira.

A operação levou ao encerramento geral do espaço, com “uma busca seletiva a diversos espaços celulares do estabelecimento”, segundo um comunicado da Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

Da busca resultou a “apreensão de 18 telemóveis, seis seringas, duas gramas de uma substância que se presume ser estupefaciente, um recipiente com fruta fermentada, uma arma branca de fabrico artesanal e alguns produtos alimentares cuja posse não é permitida nas celas”.

Foram ainda apreendidos “alguns equipamentos elétricos autorizados (como televisões e play station) mas que apresentavam quebra dos selos de segurança”.

Já no dia 15 de fevereiro, a Guarda Prisional tinha apreendido telemóveis, drogas e outros artigos numa megaoperação, envolvendo mais de 100 operacionais.

Atualidade

Taxas moderadoras em centros de saúde acabam em 2020

Publicado

O parlamento aprovou esta sexta-feira um projeto de lei do Bloco de Esquerda que acaba com as taxas moderadoras nos centros de saúde e em consultas ou exames prescritos por profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

O projeto-lei foi aprovado com votos contra do CDS-PP e votos favoráveis das restantes bancadas, tendo o grupo parlamentar anunciado que iria apresentar uma declaração de voto.

O objetivo do diploma é que “deixem de existir taxas moderadoras nos cuidados de saúde primários e em todas as consultas e prestações de saúde que sejam prescritas por profissional de saúde e cuja origem de referenciação seja o SNS”.

No texto que foi hoje discutido e votado, o Bloco propõe a “dispensa de cobrança de taxas moderadoras” no atendimento, consultas e outras prestações de saúde no âmbito dos cuidados de saúde primários, bem como em “consultas, atos complementares prescritos e outras prestações de saúde, se a origem de referenciação para estas for o Serviço Nacional de Saúde”.

Continue a ler

Populares