Ligue-se a nós

Atualidade

MP pede pena máxima para irmãs que mataram bebé recém nascida

Publicado

Urso Peluche Brinquedo

O Ministério Público pediu, esta quinta-feira, a aplicação da pena máxima a Rafaela e Inês Cupertino, pela morte da filha de Rafaela, no momento do parto, no Seixal.

O procurador do MP, Joaquim Moreira da Silva, admite ainda assim uma atenuação da pena para Inês, tendo em conta que foi Rafaela quem desferiu as três facadas mortais no peito da própria filha. As arguidas respondem por homicídio qualificado e profanação de cadáver.

Durante as alegações finais do julgamento, que decorre no Tribunal de Almada, a defesa das irmãs considerou que Rafaela deve ser condenada por homicídio privilegiado, ou infanticídio, aplicando o tribunal uma pena suspensa. Quanto à irmã, Inês, Manuel Guerra Henriques pediu que fosse absolvida de todos os crimes.

O crime aconteceu na noite do dia 10 de abril, na zona de Corroios, Seixal. A mãe de 25 anos deu à luz, em casa, e matou o filho à facada com a ajuda da irmã, Inês Cupertino.

Atualidade

Mãe de menina que morreu na bagageira pode ser acusada de ofensa à integridade física

Publicado

Emergência Ambulância

A mãe da menina que morreu na bagageira, na sequência de um acidente de carro na madrugada de domingo em Cascais, pode vir a ser acusada de pelo menos dois crimes, avança o jornal Sol.

O advogado Rogério Alves disse ao Jornal de Notícias (JN) que a mulher, que era também a condutora do carro, pode ser acusado de “condução perigosa de veículo rodoviário, numa pena que pode ir até três anos de prisão”; e ainda do crime de “ofensa à integridade física com agravação do resultado, o que inclui uma pena que também pode ir até aos três anos de cadeia”.

O acidente aconteceu pelas 0h20 horas de domingo, sendo que no carro estavam oito pessoas, incluindo duas crianças que seguiam na bagageira, uma menina de 10 anos e um rapaz de 13.

De acordo com fonte da GNR, citada pelo JN, o caso “está agora entregue ao Núcleo de Investigação de Acidentes do Destacamento de Trânsito da GNR de Carcavelos”.

Continue a ler

Populares