Ligue-se a nós

Música

Morreu o músico Bill Withers, cantor do tema “Ain’t no Sunshine”

Publicado

Foto: Facebook Bill Withers

O músico norte-americano Bill Withers, que escreveu canções soul como “Ain’t no Sunshine” e “Lean on me”, morreu na segunda-feira em Los Angeles (Califórnia), aos 81 anos, de complicações cardíacas, revelou hoje a família.

Três vezes distinguido com os prémios Grammy, Bill Withers estava há muito afastado dos palcos, com a carreira concentrada sobretudo entre finais dos anos 1960 e os anos 1980.

“Durante a sua breve carreira, as canções de Withers tornaram-se a banda sonora de incontáveis relacionamentos, casamentos e festas”, afirma a Associated Press, a propósito, por exemplo, dos temas “Lean on me” e “Lovely day”.

Bill Withers, que nasceu a 04 de julho de 1938 numa cidade marcada pela exploração mineira em West Virginia, fez serviço militar na Marinha, trabalhou na instalação de sanitários enquanto à noite fazia gravações caseiras à guitarra, recordam a AP e o jornal The Guardian.

Do contrato com a editora Sussex Records, surgiram os três primeiros álbuns, com o de estreia, “Just as I am”, de 1971, a incluir o sucesso “Ain’t no sunshine” e uma versão de “Let it be”, dos Beatles.

Com a falência da Sussex Records, Bill Withers passou a editar pela Columbia Records, e é desse período que sai a canção “Just the two of us”, em 1981, com Groover Washington Jr..

Até 1985, Bill Withers editaria oito álbuns, afastando-se depois dos palcos e da ribalta.

Atualidade

Álbum inédito de Prince cinco anos após a sua morte

Publicado

Foto: Facebook Prince Oficial

Cinco anos depois do desaparecimento de Prince, a exploração do seu espólio continua e está programada, para 30 de julho, a saída de um álbum inédito – “Welcome 2 America” –, indicou quinta-feira fonte da Legacy Recordings, marca da Sony.

A faixa com este título começou a ser difundida nas plataformas digitais a partir de hoje. Nela pode-se ouvir Prince declamar, de forma falada e cantada, que a América é “uma terra de liberdade, (mas também) casa de escravo”.

O álbum, que data de 2010, foi retirado de “The Vault” (“O Cofre”), a famosa caixa-forte do “Kid de Minneapolis” (“O Rapaz de Minneapolis”), que está no que era o seu local privilegiado de criação, o estúdio de Paisley Park.

Neste local está um número indeterminado de ensaios, álbuns acabados ou por acabar, registos gravados ao vivo e colaborações.

Prince, faleceu em 21 de abril de 2016, aos 57 aos, alimentou uma lenda sobre os seus produtos escondidos, através de várias declarações ambíguas à comunicação social.

Continue a ler

Populares