Ligue-se a nós

Música

Morreu o músico angolano Waldemar Bastos

Publicado

O músico angolano Waldemar Bastos morreu hoje de madrugada em Lisboa, vítima de cancro, aos 66 anos, disse fonte do gabinete de comunicação do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente de Angola.

Nascido na província de M’Banza Kongo, o cantor, galardoado com o prémio de New Artist of the Year nos World Music Awards em 1999, estava em tratamentos oncológicos há um ano, refere a tutela angolana.

Em 2018, o músico foi distinguido com o Prémio Nacional de Cultura e Artes, a mais importante distinção do Estado angolano nesta área.

Apresentando-se com uma sonoridade que o próprio definia como “afro-luso-atlântica”, Waldemar Bastos foi também o único não fadista a cantar na cerimónia de transladação, no Panteão Nacional, em Lisboa, do corpo de Amália Rodrigues, de quem era amigo.

Recorde aqui o tema “Muxima”:

Atualidade

“Blinding Lights” torna-se na segunda música mais bem-sucedida do panorama musical

Publicado

Uma das músicas que está fazendo muito sucesso mundialmente e segue crescendo seus números é a canção “Blinding Lights”, do The Weekend, lançada em 2020

A composição é das mais ouvidas e tornou-se a segunda música mais bem-sucedida de toda a indústria fonográfica.

“Blinding Lights” alcançou nesta semana um total de 19.287.000 pontos, vencendo os 19.147.000 pontos de “Shape of You”. A música de The Weekend só fica atrás de “Candle in the Wind 1997”, de Elton John, lançada para homenagear a Princesa Diana na época de sua morte, pontuando 19.287.000.

O cantor canadiano The Weeknd regressa a Portugal em 2022, para um concerto na Altice Arena, em Lisboa, que integra a digressão mundial de apresentação do álbum After Hours, que editou no ano passado.

 

Continue a ler

Populares