Ligue-se a nós

Atualidade

Morreu Matheus da famosa dupla brasileira

Publicado

Morreu esta terça-feira (22), em Presidente Prudente, o cantor Matheus, da dupla Lucas e Matheus. A família confirmou a morte do músico devido a complicações com a Covid-19.

Edilson da Silva Rodrigues, de 57 anos, viajou de Portugal para o Brasil, Presidente Prudente, para passar o Natal e ao chegar, começou a apresentar sintomas do novo coronavírus. Estava internado num hospital da cidade e teve que ser entubado no dia 16 de dezembro. Porém, não resistiu e faleceu hoje.

A dupla Lucas e Matheus tinha mais de 25 anos de carreira e uma longa trajetória na Europa. Foram dezenas de CDs gravados e várias conquistas, como 40 discos de ouro, 25 de platina e cinco de diamante pelos mais de 7 milhões de cópias já vendidas na carreira.

Uma das últimas entrevistas que Matheus deu foi à Record FM, no dia 26 de Novembro.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

Abstenção mais elevada de sempre em eleições para PR

Publicado

A abstenção nas eleições presidenciais deste domingo foi de 54,55 por cento no território nacional.

Nestas eleições em contexto de pandemia,  votaram 4,2 milhões de eleitores, menos de metade dos 9,3 milhões de inscritos no território nacional.

A taxa de abstenção, que se situou nos 54,55 por cento, foi a mais elevada em eleições presidenciais, ultrapassando a registada na reeleição de Cavaco Silva, em 23 de janeiro de 2011, em que 53,56 por cento dos eleitores optaram por não ir às urnas.

Estes dados referem-se apenas a Portugal continental e Regiões Autónomas, faltando apurar todos os resultados das votações no estrangeiro.

As eleições presidenciais de 2021 voltaram a confirmar a tendência para uma maior abstenção quando se trata de um segundo mandato.

Os votos brancos atingiram 1,11 por cento e os nulos 0,94 por cento. No primeiro caso, esta percentagem foi menor relativamente às eleições presidenciais de 2016, nas quais se registaram 1,24 por cento de votos brancos, mas os votos nulos foram, nestas eleições, em maior percentagem em comparação com os 0,92 por cento de 2016.

 

Lusa

Continue a ler

Populares