Ligue-se a nós

Atualidade

Moçambique: ONU alerta para chuvas intensas. Há 300 mortos confirmados

Publicado

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, avançou esta terça-feira que o ciclone Idai já fez  200 vítimas mortais, a que se juntam mais uma centena no Malawi e Zimbabué. Mais de um milhão de pessoas foram afetadas.

Com chuvas intensas e ventos fortes a ultrapassar os 170 quilómetros por hora, a Organização das Nações Unidas (ONU) alerta agora para o perigo de cheias nas próximas 72 horas.

Muitos portugueses perderam tudo o que tinham mas não há registo de vítimas mortais.

O primeiro ministro, António Costa, já garantiu esforços para levar ajuda humanitária até ao “país irmão”.

A União Europeia anunciou que vai enviar um pacote de ajuda de emergência no valor de 3,5 milhões de euros e o Reino Unido vai doar sete milhões de euros e uma equipa de emergência médica para o local.

 

Atualidade

Porto e Gaia querem tabuleiro inferior da Ponte Luís I sem trânsito automóvel

Publicado

Foto: Wikipédia

As câmaras do Porto e de Gaia abandonaram a ideia de colocar passadiços no exterior do tabuleiro inferior da Ponte Luís I, que liga os dois municípios, e defenderam a exclusão do trânsito automóvel.

Numa sessão dedicada às pontes entre Porto e Gaia, no âmbito do Ciclo “Inovação Fora de Portas – Engenharia Civil à Mostra”, no Porto Innovation Hub, o vereador do Urbanismo da Câmara do Porto, Pedro Baganha, revelou que o projeto está “parado e abandonado”, acrescentando que “não chegou a ir a Conselho de Cultura”, dado que chumbaria se tal sucedesse.

Quando foi anunciado, em 2015, o projeto previa a construção de dois passeios de dois metros do lado de fora do tabuleiro inferior da Ponte Luís I.

A construção dos passadiços suspensos custaria cerca de 600 mil euros e necessitaria da autorização da Direção Regional da Cultura do Norte. Contudo, as autoridades competentes do património levantaram dúvidas quanto a esta pretensão.

Continue a ler

Populares