Ligue-se a nós

Atualidade

Ministra brasileira diz que mulheres devem ser submissas aos homens

Publicado

Brasil bandeira

Numa nova declaração polémica, a ministra brasileira da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, declarou que no casamento a mulher deve submeter-se ao homem.

Damares, pastora evangélica que se autodefine como “radicalmente cristã” e que falava numa audiência na Câmara dos Deputados, em Brasília, foi mais longe e afirmou que, no casamento, é o homem quem manda.

“Dentro da nossa igreja, nós entendemos que no casamento entre homem e mulher, o homem é o líder”, defendeu Damares questionada sobre se a flexibilização da posse de armas permitida por Bolsonaro não aumentou o risco das mulheres vítimas de violência doméstica: “Isso quer dizer que a mulher tem de baixar a cabeça para o agressor, para certos homens que estão aí, não. Mas, na minha conceção cristã, no casamento a mulher deve ser submissa ao homem.”

Atualidade

Desfile de crianças para adoção no Brasil gera polémica

O evento é organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil, num centro comercial de Cuiabá.

Publicado

Foto: Twitter Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso

Crianças e adolescentes aptos para adoção, dos quatro aos 17 anos e devidamente produzidos, desfilaram num evento organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil, num centro comercial de Cuiabá, no Mato Grosso, mas a ação está a gerar polémica.

Segundo avança a imprensa brasileira, os jovens desfilaram para os eventuais pais adotivos.

O evento tem o nome “Adoção na Passarela” e já foi comparado por internautas a uma “feira de adoção” ou a uma “vitrine”, para além também de se referirem ao evento como um “desfile para animais de estimação”.

Em jeito de defesa, a presidente da Comissão de Infância e Juventude, Tatiana Ramalho, sublinhou, de acordo com o jornal Globo, que “o objetivo é dar visibilidade a essas crianças e a esses adolescentes que estão aptos para adoção”.

 

Continue a ler

Populares