Ligue-se a nós

Atualidade

Ministério Público abre inquérito a morte de recém-nascido transferido do Algarve

Publicado

Gravidez

O Ministério Público determinou a abertura de um inquérito às circunstâncias da morte do recém-nascido da grávida que foi transferida do Algarve para Hospital Amadora-Sintra.

“O Ministério Público da comarca de Lisboa Oeste determinou a abertura de inquérito”, respondeu à agência Lusa a Procuradoria-geral da República (PGR).

Uma grávida com 32 semanas de gestação foi transferida em 2 de agosto do Hospital de Faro para o Amadora-Sintra, porque a unidade de neonatologia algarvia se encontrava lotada.

Entretanto, as duas unidades de saúde já decidiram avançar com a abertura de inquéritos.

Atualidade

Parlamento aprova voto de pesar pela morte de criança em Peniche

Publicado

O parlamento aprovou hoje um voto de pesar pela morte de Valentina Fonseca, de nove anos, em Peniche, um caso ocorrido em maio, em que o pai é um dos suspeitos do crime.

A comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias aprovou hoje votos de pesar pela morte da criança da autoria do BE, CDS, PSD e PAN e chumbou um voto apresentado pelo deputado do Chega, que não participou na reunião.

Todos os votos manifestam pesar pela morte da criança, tendo sido decidido que haverá um texto comum, dado que os quatro tinham o mesmo objetivo – manifestar pesar e consternação pelo falecimento de Valentina Fonseca.

O voto do deputado do Chega foi chumbado por todos os deputados presentes (do PS, PSD, PCP, BE e a deputada não inscrita Joacine Katar Moreira) pelas referências a em defesa da pena de prisão perpétua.

Valentina, de nove anos, foi dada como desaparecida na manhã do dia 07 de maio, depois de uma denúncia do pai no posto da GNR de Peniche, e encontrada três dias depois num pinhal.

O pai da criança é considerado o autor do crime, de acordo com o juiz de instrução do Tribunal de Leiria, que decretou a prisão preventiva ao homem e à madrasta da menina em 13 de maio.

Continue a ler

Populares