Ligue-se a nós

Atualidade

Mil lanternas flutuantes vão iluminar o rio Nabão

No dia 15 de junho, ao pôr do sol, vão flutuar mil lanternas decoradas e biodegradáveis.

Publicado

Foto: Facebook Lanternas Flutuantes

Chama-se Festival de Lanternas Flutuantes e é inspirado na tradição asiática mas o tema da noite será a Festa dos Tabuleiros, que está quase a chegar a Tomar.

A noite das lanternas, a 15 de junho a partir das 21h03 (ocaso do sol), pretende fazer também incidir os holofotes sobre os Tabuleiros, que se celebrarão de 29 de junho a 8 de julho.

No rio Nabão, as lanternas irão iluminar o troço entre a ponte Velha e a ponte do Flecheiro. As velas artesanais, segundo a Lusa, são colocadas num estrutura com base de cortiça que tem os lados construídos com papel vegetal decorado com símbolos dos Descobrimentos (a cruz de Cristo e a esfera armilar) e dos Tabuleiros (o tabuleiro e a pomba do Espírito Santo).

A organização é de 307 alunos de 12 turmas do 6.º ano da Escola Básica 2,3 D. Nuno Álvares Pereira, do agrupamento de escolas Nuno de Santa Maria.

Atualidade

Em Portugal Continental não vai haver quarentena para turistas

Publicado

O primeiro-ministro assegurou hoje que em Portugal Continental não irão vigorar normas de quarentena para quem venha de fora do país, e disse estar tranquilo e “sem pressas” quanto à reabertura da fronteira terrestre com Espanha.

No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se reuniu para fazer o balanço das medidas da segunda fase de desconfinamento e tomar decisões relativamente à terceira fase, no âmbito da pandemia de covid-19, António Costa foi questionado se Portugal estava a negociar com algum país para que turistas possam entrar no país sem quarentena.

“Em Portugal Continental não vigorou, não vigora e nem pretendemos que venham a vigor normas de quarentena, têm sido única e exclusivamente adotadas pelas Regiões Autónomas, nunca o Governo da República as adotou e nunca as irá adotar”, afirmou.

Questionado se concorda com o anúncio feito pelo seu homólogo espanhol, Pedro Sánchez, de que a fronteira terrestre não reabra antes de 15 de julho, o primeiro-ministro remeteu o tema para negociações bilaterais.

“Estamos totalmente tranquilos e sem pressas na reabertura da nossa fronteira, respeitamos integralmente a sua vontade de não proceder à reabertura antecipada de fronteiras”, afirmou.

António Costa salientou que esta fronteira terrestre se mantém aberta para transporte de mercadorias, trabalhadores transfronteiriços e para os emigrantes que pretendam atravessar a Espanha para vir a Portugal, recordando que França já assegurou que os portugueses não terão de cumprir quarentena no regresso de férias.

Lusa

Continue a ler

Populares