Ligue-se a nós

Atualidade

Metropolitano de Lisboa prolonga serviço na noite da passagem de ano

Publicado

O Metropolitano de Lisboa anunciou que na noite da passagem de ano vai funcionar até às 04:00 nas linhas Azul e Verde, mantendo várias estações abertas, de modo a apoiar as festividades que vão ocorrer na cidade.

As estações que vão estar abertas, na linha Azul, são as da Reboleira, Amadora Este, Pontinha, Colégio Militar, Jardim Zoológico, São Sebastião I, Marquês de Pombal I, Restauradores e Baixa Chiado.

Já na linha Verde, vão estar abertas as estações de Telheiras, Campo Grande, Areeiro, Alameda I, Anjos, Rossio, Baixa Chiado e Cais do Sodré.

“Devido aos festejos agendados para a Praça do Comércio, a estação Terreiro do Paço (linha Azul) encerra às 18:00 do dia 31 de dezembro, reabrindo às 06:30 do dia 01 de janeiro. Em alternativa à estação Terreiro do Paço poderão ser utilizadas as estações Cais do Sodré ou Baixa Chiado (linha Verde), que estarão abertas até às 04:00 da noite de 31 de dezembro para 01 de janeiro”, refere em comunicado a empresa.

O Metropolitano de Lisboa esclarece ainda que o novo tarifário só será aplicado a partir das 06:30 de dia 01 de janeiro, hora de abertura ao público do serviço.

“Face à elevada procura esperada, os tempos de espera poderão ser superiores aos normais, na noite de 31 de dezembro para 01 de janeiro”, conclui.

Atualidade

Corpo de homem encontrado dentro de uma carrinha em Sintra

Publicado

O corpo de um homem foi encontrado hoje à tarde dentro de uma carrinha na localidade de Negrais, no concelho de Sintra, distrito de Lisboa, confirmou à agência Lusa fonte do Comando Territorial da GNR.

Segundo uma notícia da TVI, as autoridades encontraram um corpo, “com sinais de violência”, dentro de uma carrinha, estacionada junto a um restaurante na zona de Negrais, no concelho de Sintra, distrito de Lisboa.

O alerta terá sido dado por moradores, que estranharam o facto de a carrinha estar estacionada no mesmo local há cerca de uma semana.

No local encontram-se elementos da GNR de Pêro Pinheiro e da Polícia Judiciária. Contactada pela Lusa, fonte da GNR confirmou apenas esta ocorrência, escusando-se a adiantar mais pormenores.

Continue a ler

Populares