Ligue-se a nós

Desporto

Mesmo com bola à hora do almoço “estamos no bom caminho” – APDA

Publicado

Foto: facebook.com/Associação Portuguesa de Defesa do Adepto

Há novas regras ao nível dos horários dos jogos de futebol na Liga Portuguesa, para a próxima temporada.

O horário nobre continuará a ser as 20h00, sendo que se vai privilegiar jogos entre sexta feira e domingo, ou seja evitando-se a realização de partidas às segundas feiras.

Uma das grandes novidades passa pelos jogos à hora do almoço, nomeadamente às 12h45.

Ouvida pela Record FM, a presidente da Associação Portuguesa de Defesa do Adepto (APDA), Martha Gens defende que o que vem aí é um passo qualitativo, será bem melhor, mesmo com horários de jogos que podem interferir com almoços: “A nossa hora de almoço ao fim de semana é sempre um pouco mais livre. Compreendo perfeitamente o argumento de que o horário dos jogos pode interferir com o almoço. Há quem tenha sugerido ser um pouco mais cedo, ou um pouco mais tarde. Mas, considerando o que tínhamos anteriormente, com jogos da I Liga ao domingo às 21h00 e à segunda feira às 19h00 e 20h00, acho que agora temos uma melhoria significativa. Estamos num bom caminho. Pode não ser ainda o horário ideal, por colidir com horários de almoço ao fim de semana, mas com esta medida estamos, sem dúvida, no bom caminho”.

Segundo Martha Gens, presidente da APDA, o adepto do futebol vai passar a ser mais respeitado, mas ainda   recorda com saudade aquele tempo em que as famílias iam para os estádios apenas aos domingos de tarde: “Todos temos saudades desses tempos. Íamos comer com os nosso pais, os nossos avós, tios e depois íamos em família ao futebol, durante a tarde. Muitos adeptos ainda se lembram da felicidade desses dias. Mas hoje em dia, considerando os interesses que existem à volta do desporto, alguns nada saudáveis, é muito difícil o regresso a esses horários”.

Ainda assim, o que vem aí é para a dirigente da APDA, algo bem melhor para o adepto.

 

Desporto

Portugal conquista Mundialito de futebol de praia

Publicado

Foto: Facebook Município da Nazaré

A seleção portuguesa de futebol de praia conquistou esta quinta-feira a 23.ª edição do Mundialito, ao vencer por 4-2 a Espanha, no terceiro e último encontro da prova que decorreu na Nazaré.

Depois das vitórias sobre Senegal (7-1) e Japão (4-2), a formação comandada por Mário Narciso só precisava de um empate para erguer o troféu e foi precisamente esse o resultado que se registava no final do primeiro período, com golos de Rúben Brilhante, para Portugal, e José Cintas, para a Espanha.

No segundo terço, Bruno Torres e Jordan Santos recolocaram a equipa das quinas em vantagem, antes de Belchior dilatar o marcador no terceiro período.

Pouco depois, David Ardil reduziu para os espanhóis, fechando as contas da partida.

Com três triunfos no mesmo número de jogos, Portugal terminou o Mundialito com nove pontos, enquanto a Espanha foi terceira, com três.

No outro jogo da última ronda do Mundialito, o Senegal bateu o Japão, por 3-2, após prolongamento, e assegurou o segundo posto da prova, com seis pontos. Já os nipónicos ficaram no último lugar, sem qualquer ponto.

Continue a ler

Populares