Ligue-se a nós

Atualidade

Marcelo no Brasil para uma visita de quatro dias

Publicado

O Presidente português inicia hoje uma visita de quatro dias ao Brasil, com encontros previstos com os antigos presidentes Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso e Michel Temer, e com o chefe de Estado brasileiro, Jair Bolsonaro.

A viagem de Marcelo Rebelo de Sousa vai dividir-se entre São Paulo, onde chega hoje e no sábado participa na reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, e onde tem previstos os encontros com os antigos chefes de Estado brasileiros, e a capital, Brasília, onde será recebido pelo Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

Hoje a agenda do Presidente português é preenchida exclusivamente por um encontro restrito com o antigo Presidente do Brasil Luís Inácio Lula da Silva, na residência do Cônsul-Geral de Portugal em São Paulo.

Sábado é o dia mais intenso da viagem de Marcelo Rebelo de Sousa, que estará acompanhado do ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Além de participar na cerimónia de reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, reconstruído com a ajuda de Portugal após o incêndio de dezembro de 2015, o chefe de Estado tem uma série de encontros.

O Presidente começa o dia com um pequeno-almoço de trabalho com o Presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, e o antigo Presidente da República do Brasil Michel Temer, e almoça a convite do Governador de São Paulo, João Dória, com a presença do Presidente de Cabo Verde, assim como de representantes das empresas patrocinadores da recuperação do Museu, no Palácio dos Bandeirantes.

Marcelo Rebelo de Sousa encontra-se com representantes da comunidade portuguesa, na Casa de Portugal de São Paulo, e depois participa na cerimónia de assinatura do acordo de participação de Portugal como país convidado na Bienal do Livro de São Paulo.

O dia termina com um jantar oferecido pelo chefe de Estado português no Grémio Português de São Paulo no qual participa o antigo Presidente da República do Brasil Fernando Henrique Cardoso.

No domingo, já em Brasília, Marcelo Rebelo de Sousa visita a exposição “Oréades”, na Chancelaria da Embaixada de Portugal, e, finalmente, na segunda-feira tem um encontro com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, e com o Presidente da República do Brasil, Jair Bolsonaro.

Esta será a quinta deslocação de Marcelo Rebelo de Sousa enquanto Presidente da República ao Brasil, onde esteve logo no seu primeiro ano de mandato, 2016, para a abertura dos Jogos Olímpicos.

O chefe de Estado já foi recebido uma vez por Jair Bolsonaro em Brasília, em janeiro de 2018, logo no dia seguinte à sua posse como Presidente da República Federativa do Brasil, na qual Marcelo Rebelo de Sousa esteve presente.

 

Atualidade

Nove mortes, 757 novas infeções e menos internados nas últimas 24 horas

Publicado

Portugal registou nas últimas 24 horas nove mortes atribuídas à covid-19, 757 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e uma redução nos internamentos em enfermaria.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), estão hoje internadas 410 pessoas com covid-19, menos duas do que na quinta-feira, 76 das quais em unidades de cuidados intensivos, mais uma do que na véspera.

As mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (2), na região Centro (4), no Alentejo (2) e no Algarve (1).

Relativamente às idades das vítimas mortais, cinco tinham mais de 80 anos, três entre os 70 e os 79 anos e uma entre os 40 e os 4 anos.

Continue a ler

Populares