Ligue-se a nós

Atualidade

Mais dois sismos sentidos nos Açores

Publicado

Dois sismos foram sentidos na noite de quarta-feira na ilha açoriana do Faial, anunciou o Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA).

Segundo o CIVISA, o primeiro sismo foi sentido às 20:41 locais (mais uma hora em Lisboa) e teve magnitude de 3,5 na escala de Richter e epicentro a cerca de 29 quilómetros a oés-noroeste de Capelo.

O sismo foi sentido com intensidade máxima III/IV na escala de Mercalli Modificada na Praia do Norte e Capelo, e com intensidade III nas freguesias de Flamengos e Matriz.

Às 21:34 locais de quarta-feira foi registado um outro sismo, com magnitude 3,1, também com epicentro a cerca de 29 quilómetros a oés-noroeste de Capelo.

Este sismo foi sentido com intensidade máxima III na escala de Mercalli Modificada em Capelo e Feteira.

De acordo com o CIVISA, a atividade sísmica a oeste da ilha do Faial encontra-se ligeiramente acima dos valores normais de referência.

Esta zona está a registar desde domingo “um ligeiro incremento” da atividade sísmica, com todos os eventos “com epicentro no mar”, disse na quarta-feira à Lusa o presidente do CIVISA.

“É uma das muitas zonas sismogénicas do arquipélago e desde o dia 03 de novembro (domingo), sensivelmente desde as 16:00, que se registou um ligeiro incremento da atividade sísmica nesta zona sismogénica, localizada a oeste do Faial, com uma distância entre os 25 e os 35 quilómetros da ilha”, explicou Rui Marques.

Atualidade

Em Portugal Continental não vai haver quarentena para turistas

Publicado

O primeiro-ministro assegurou hoje que em Portugal Continental não irão vigorar normas de quarentena para quem venha de fora do país, e disse estar tranquilo e “sem pressas” quanto à reabertura da fronteira terrestre com Espanha.

No final de um Conselho de Ministros de quase oito horas, que se reuniu para fazer o balanço das medidas da segunda fase de desconfinamento e tomar decisões relativamente à terceira fase, no âmbito da pandemia de covid-19, António Costa foi questionado se Portugal estava a negociar com algum país para que turistas possam entrar no país sem quarentena.

“Em Portugal Continental não vigorou, não vigora e nem pretendemos que venham a vigor normas de quarentena, têm sido única e exclusivamente adotadas pelas Regiões Autónomas, nunca o Governo da República as adotou e nunca as irá adotar”, afirmou.

Questionado se concorda com o anúncio feito pelo seu homólogo espanhol, Pedro Sánchez, de que a fronteira terrestre não reabra antes de 15 de julho, o primeiro-ministro remeteu o tema para negociações bilaterais.

“Estamos totalmente tranquilos e sem pressas na reabertura da nossa fronteira, respeitamos integralmente a sua vontade de não proceder à reabertura antecipada de fronteiras”, afirmou.

António Costa salientou que esta fronteira terrestre se mantém aberta para transporte de mercadorias, trabalhadores transfronteiriços e para os emigrantes que pretendam atravessar a Espanha para vir a Portugal, recordando que França já assegurou que os portugueses não terão de cumprir quarentena no regresso de férias.

Lusa

Continue a ler

Populares