Ligue-se a nós

Atualidade

Lisboa melhorou os níveis qualidade de vida – Estudo

Publicado

Facebook da Câmara Municipal de Lisboa (CML)

A capital portuguesa está na 37.ª posição na lista das cidades com melhor qualidade de vida em 2019 e é a 31.ª cidade mais segura do mundo, segundo um estudo anual realizado pela consultora Mercer.

De acordo com a consultora, na lista de cidades com a melhor qualidade de vida Lisboa subiu um lugar no último ano, mantendo-se “acima de Madrid (no 46.º lugar), Barcelona (43.º), Paris (39.º), Londres (41.º) ou Nova Iorque(44.º)”.

Entre as 231 cidades analisadas, Viena tem a melhor qualidade de vida a nível mundial pelo 10.º ano consecutivo, seguida por Zurique (2.º lugar) e por Auckland, Munique e Vancouver, que ocupam o 3º lugar ‘ex aequo’.

Este ano a Mercer apresenta um ‘ranking’ separado sobre segurança pessoal, “que analisa a estabilidade interna das cidades, níveis de criminalidade, aplicação da lei, limitações à liberdade individual, relações com outros países e liberdade de imprensa”.

Lisboa subiu 12 lugares relativamente a 2005 (31.º), estando à frente de cidades como Dublin (32.ª), Paris (60.ª) ou Barcelona (61.ª)”, salientou a consultora.

Nesta lista, a Europa Ocidental domina, com a cidade do Luxemburgo no topo, seguida, em segundo lugar, por Basel e Bern (na Suíça), Helsínquia (Finlândia) e Zurique (Suíça), ‘ex aequo’.

Atualidade

Mãe de menina que morreu na bagageira pode ser acusada de ofensa à integridade física

Publicado

Emergência Ambulância

A mãe da menina que morreu na bagageira, na sequência de um acidente de carro na madrugada de domingo em Cascais, pode vir a ser acusada de pelo menos dois crimes, avança o jornal Sol.

O advogado Rogério Alves disse ao Jornal de Notícias (JN) que a mulher, que era também a condutora do carro, pode ser acusado de “condução perigosa de veículo rodoviário, numa pena que pode ir até três anos de prisão”; e ainda do crime de “ofensa à integridade física com agravação do resultado, o que inclui uma pena que também pode ir até aos três anos de cadeia”.

O acidente aconteceu pelas 0h20 horas de domingo, sendo que no carro estavam oito pessoas, incluindo duas crianças que seguiam na bagageira, uma menina de 10 anos e um rapaz de 13.

De acordo com fonte da GNR, citada pelo JN, o caso “está agora entregue ao Núcleo de Investigação de Acidentes do Destacamento de Trânsito da GNR de Carcavelos”.

Continue a ler

Populares