Ligue-se a nós

Atualidade

Liga dos Campeões: PSG e Leipzig tentam entrar na história

Publicado

Paris Saint-Germain e Leipzig procuram hoje fazer história e garantir pela primeira vez um lugar na final da Liga dos Campeões de futebol, no primeiro duelo das meias-finais, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Os franceses, que derrotaram nos ‘quartos’ a Atalanta, por 2-1, com os dois golos a serem marcados nos minutos finais, estão pela segunda vez nesta fase da prova, depois de em 1994/95 terem falhado o acesso à final ao serem eliminados pelo AC Milan.

Nesta inédita fase final, os germânicos, que em 2015/16 ainda militavam na segunda divisão e há uma década disputavam os campeonatos regionais no seu país, deixaram pelo caminho o bem mais experiente Atlético de Madrid, de João Félix, também com uma vitória por 2-1.

O encontro, que será disputado num Estádio da Luz vazio de público, devido à pandemia da covid-19, está agendado para as 20:00.

Na quarta-feira, no outro duelo das ‘meias’, Bayern Munique e Lyon defrontam-se no Estádio José Alvalade.

A final da prova ‘milionária’, que vai ditar o sucessor do Liverpool, está agendada para 23 de agosto, no Estádio da Luz.

Atualidade

Costa considera essencial consenso nacional sobre PRR

Publicado

O primeiro-ministro considerou hoje que é fundamental “garantir um consenso” sobre o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) do Governo e pediu o envolvimento de todos os setores no processo de consulta pública deste documento.

Esta mensagem foi transmitida por António Costa na sua conta pessoal na rede social Twiiter, após ter estado reunido com o Conselho de Concertação Territorial no âmbito da iniciativa do Governo “PRR em Debate”.

“A recuperação é um compromisso do país, e todos temos uma participação neste desígnio. É fundamental garantir um consenso sobre o documento que entregaremos em Bruxelas, e é essencial o envolvimento de todos no processo de Consulta Pública a decorrer”, frisa o primeiro-ministro.

O Plano de Recuperação e Resiliência de Portugal, para aceder às verbas comunitárias pós-crise da covid-19, prevê 36 reformas e 77 investimentos nas áreas sociais, clima e digitalização, num total de 13,9 mil milhões de euros em subvenções.

Depois de um rascunho apresentado à Comissão Europeia em outubro passado e de um processo de conversações com Bruxelas, o Governo português colocou agora a versão preliminar e resumida do plano em consulta pública.

 

Lusa

Continue a ler

Populares