Ligue-se a nós

Atualidade

Lamego: Mulher morre vítima de disparo por arma do fogo

Publicado

Arma

Uma mulher de 56 anos morreu hoje, vítima de disparo por arma de fogo, em Lalim, concelho de Lamego, confirmou à agência Lusa a GNR.

“Existe uma situação a decorrer em Lalim, de uma mulher, de 56 anos, que faleceu, suspeita-se, vítima de disparo de arma de fogo e o autor não está ainda localizado”, adiantou o capitão Fábio Lamelas do serviço de relações públicas do Comando Territorial de Viseu da GNR.

O presumível homicida pôs-se em fuga, tendo as autoridades iniciado uma operação de caça ao homem.

Desconhecem-se ainda as circunstâncias em que ocorreu o suposto homicídio e quantos tiros terá disparado o homem. No entanto, uma amiga da vítima mortal, com 37 anos, também foi atingida numa perna. Foi transportada para a unidade de Vila Real do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Segundo a operadora do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viseu, o “alerta da agressão com duas vítimas, uma mortal”, foi dado às 08:35.

No local estiveram 30 operacionais dos bombeiros, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e da Guarda Nacional Republicana (GNR) apoiados por 14 viaturas.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

GNR fecha espaço noturno em Gaia com mais de 100 pessoas

Publicado

A GNR encerrou na quarta-feira um estabelecimento de diversão noturna com mais de 100 pessoas em Vila Nova de Gaia, numa altura em que os ajuntamentos estão limitados a 10 pessoas face à situação de contingência.

Em comunicado, esta força policial referiu que este espaço, em Gaia, no distrito do Porto, funcionava com música ao vivo.

Já à agência Lusa, fonte da GNR revelou que o estabelecimento tinha também a pista de dança aberta, levando à aglomeração de grande parte das pessoas na mesma.

O proprietário do estabelecimento, de 61 anos, foi detido e constituído arguido, tendo o processo de desobediência baixado a inquérito.

Segundo a fonte, esta operação insere-se nas ações de fiscalização com vista ao cumprimento das normas referentes à pandemia da covid-19 que, diariamente, os militares têm levado a cabo.

 

Continue a ler

Populares