Ligue-se a nós

Atualidade

Jovem portuguesa morre e rapaz fica gravemente ferido em acidente na Hungria

Publicado

Uma jovem portuguesa de 16 anos morreu e um outro aluno do secundário ficou gravemente ferido na sequência de um acidente de viação na Hungria, segundo o secretário de Estado das Comunidades.

“Queria confirmar o falecimento de uma portuguesa e um outro ferido em estado grave no seguimento de um acidente grave, a cerca de 70 km da cidade de Budapeste”, avançou José Luís Carneiro à Lusa.

De acordo com o jornal Blikk, a vítima mortal viajava com outros colegas portugueses da Roménia para o aeroporto de Budapeste.

A jovem era estudante do 10º ano da Escola Secundária de Pinheiro e Rosa, em Faro, avança o jornal Sul Informação. O grupo, cerca de seis estudantes todos da mesma idade, estavam naquele país ao abrigo do programa de intercâmbio Erasmus+.

O autocarro que levava os seis alunos da Pinheiro e Rosa e outros participantes deste encontro Erasmus+ embateu num camião, no caminho para o aeroporto de Budapeste, explicou Francisco Soares, diretor do agrupamento de escolas farense.

Atualidade

Desfile de crianças para adoção no Brasil gera polémica

O evento é organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil, num centro comercial de Cuiabá.

Publicado

Foto: Twitter Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Mato Grosso

Crianças e adolescentes aptos para adoção, dos quatro aos 17 anos e devidamente produzidos, desfilaram num evento organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil, num centro comercial de Cuiabá, no Mato Grosso, mas a ação está a gerar polémica.

Segundo avança a imprensa brasileira, os jovens desfilaram para os eventuais pais adotivos.

O evento tem o nome “Adoção na Passarela” e já foi comparado por internautas a uma “feira de adoção” ou a uma “vitrine”, para além também de se referirem ao evento como um “desfile para animais de estimação”.

Em jeito de defesa, a presidente da Comissão de Infância e Juventude, Tatiana Ramalho, sublinhou, de acordo com o jornal Globo, que “o objetivo é dar visibilidade a essas crianças e a esses adolescentes que estão aptos para adoção”.

 

Continue a ler

Populares