Ligue-se a nós

Desporto

Jogo entre o Vitória de Setúbal e Sporting não será adiado – Liga

Publicado

A Liga Portuguesa de futebol anunciou que o jogo entre Vitória de Setúbal e Sporting, da 16.ª jornada do campeonato, vai ser disputado no sábado, uma vez que os clubes não chegaram a um consenso para o adiamento.

Em comunicado, a Liga esclarece que recebeu o pedido de adiamento do jogo, remetido pelo Vitória de Setúbal, devido a um “surto gripal” do seu plantel, e também uma tomada de posição do Sporting em “oposição ao adiamento”.

“Tendo a Liga Portugal diligenciado junto dos dois clubes com vista à solução da questão e verificando que estes não chegam a um consenso, o adiamento não está em condições de ser determinado”, refere em comunicado.

O jogo entre o Vitória de Setúbal e o Sporting está agendado para sábado, pelas 20:30, no estádio do Bonfim, em Setúbal.

Em conferência de imprensa realizada hoje, o presidente do Vitória de Setúbal, Vítor Hugo Valente, deu conta do estado do plantel.

Dizendo tratar-se de uma situação de emergência, o dirigente referiu ainda pretender “clarificar algumas vozes maldizentes que aí andam”, acrescentando que o clube “não brinca” com este tipo de situações.

“Durante a semana, o departamento médico indiciou um conjunto de jogadores com sintomas que se vieram a concretizar em incapacidade derivada de um vírus, que os impossibilitou de treinar e jogar. Estiveram ontem [quarta-feira] no Hospital Fernando Meira, Sílvio, Carlinhos e Semedo. Hoje, passaram pelo hospital da Luz, Artur Jorge, Éber Bessa, Brian Mansilla, Ghilas, Nuno Valente, Semedo, Hachadi, Makaridze, Bruno Pirri, André Sousa, Jubal, Berto, Zequinha e Nuno Pinto. Com sintomas, temos Mano, Milton e Leandrinho”, afirmou Vítor Hugo Valente.

Perante este cenário, segundo o presidente do clube sadino, “o Vitória deu conta à Liga, informou o Sindicato dos Jogadores e contactou o Sporting a dar conta desta situação”.

“A Liga disse-nos para encontrar uma data. Propusemos a data das meias-finais da Taça de Portugal, prova em que Vitória e Sporting já não participam”, referiu ainda, antes de a Liga já ter anunciado que, em virtude da falta de acordo entre os clubes, a data do mesmo mantém-se.

Desporto

Benfica, FC Porto e Sporting com perdas de 27 ME mês – especialist​​​​​​a

Publicado

Benfica, FC Porto e Sporting podem perder mais de 27 milhões de euros por cada mês de paragem do futebol devido à pandemia de covid-19, estimou à agência Lusa o especialista de gestão desportiva Alfredo Silva.

Segundo o professor da Escola Superior de Desporto de Rio Maior Alfredo Silva, coordenador da licenciatura de Gestão das Organizações Desportivas, as perdas para os denominados ‘três grandes’ podem chegar a esses valores somando as três “áreas de negócio” mais relevantes em termos de receitas.

Se na bilheteira pode existir “uma perda real mensal de 4,3 milhões de euros”, números ponderados com os mais de 3,5 milhões de espetadores que assistiram a jogos da I Liga em 2018/19, a maior fatia dos quais em torno destes três rivais, os valores sobem muito mais quando se fala de transmissões televisivas.

Com o campeonato parado, não só os adeptos não podem marcar presença nos estádios, como não conseguem assistir às partidas em casa, através da televisão.

Nesse cenário, e assumindo uma paragem de um mês, as perdas com a distribuição televisiva das partidas, bem como outros conteúdos relacionados, originariam “uma perda de 17 milhões de euros” para os três clubes.

O outro eixo de perdas possíveis prende-se com os patrocínios e outros contratos de publicidade, que podem “ser mitigadas” para os clubes, mas acabam por afetar mais “as empresas e marcas patrocinadoras”.

“Os contratos poderão ser renegociados, facto que pode originar [para os clubes] perdas mensais de seis milhões de euros”, acrescenta o docente universitário.

Continue a ler

Populares