Ligue-se a nós

Atualidade

Javier Santos é mesmo filho de Julio Iglesias e da portuguesa Maria Edite Santos

Publicado

Foto: Facebook Julio Iglesias

Aos 42 anos, o então alegado filho ilegítimo de Julio Inglesias exigiu, por meio de uma ação judicial, que o cantor espanhol reconhecesse a paternidade.

O Tribunal de Primeira Instância número 13 de Valência decidiu agora que Javier é filho de Iglesias com a portuguesa Maria Edite Santos.

Segundo o Observador, acompanhado pela mãe, Javier Santos chegou a tribunal na última semana, com o objetivo de reclamar os seus direitos e de ser reconhecido como filho do cantor.

“Tanto eu como a minha mãe fomos vítimas de um erro do Estado. Esperemos que desta vez se faça justiça”, afirmou Santos à agência EFE.

Ao cantor, foi imposta pelo tribunal a data limite de 4 de julho para a realização de testes de ADN, a fim de comprovar, ou não, a paternidade. Uma vez que Iglesias, de 75 anos, não procedeu a nenhum teste até à data, o tribunal acabou por declarar que Javier Santos é, de facto, filho do cantor.

Julio Iglesias e Maria Edite Santos conheceram-se em 1975.

Numa entrevista dada à revista Sábado, em 2017, a portuguesa conta que quando Javier tinha 12 anos se fez passar por segurança para entrar num concerto do cantor na cidade onde vivia, Valência. Acabou por encontrar o pai de Julio Iglesias. Apresentou-o ao filho como avô e foram ambos expulsos, mãe e filho, por seguranças.

A partir daí, Maria Edite optou pela via judicial e da comunicação social.

Além dos cinco filhos do atual casamento, Iglesias tem três descendentes do casamento com Isabel Preysler, que durou entre 1971 e 1979 (período em que conheceu Maria Edite Santos) — Enrique, Julio e Chabeli, todos eles mais velhos do que Javier. Agora, o ídolo espanhol ganha um nono filho.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

Bombeiro ferido no combate a incêndio na A3 em Famalicão

Publicado

Emergência Ambulância

Um bombeiro sofreu esta sexta-feira ferimentos ligeiros quando combatia um incêndio que começou numa pesado de mercadorias na Autoestrada 3 (A3) e se propagou a uma área florestal em Vila Nova de Famalicão.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Braga, o bombeiro foi conduzido ao Hospital de Famalicão.

Um camião que seguia na A3 no sentido Porto-Braga, sem transportar qualquer carga, incendiou pelas 10:00, em Famalicão, e acabou por incendiar também uma área florestal.

O condutor do camião escapou ileso.

Em comunicado, a Brisa refere que, pelas 10:00, a circulação na A3 foi interrompida no “sentido sul/norte, entre as saídas 7/Cruz e 8/Braga Sul”, para “combate a incêndio em veículo pesado”.

A circulação foi reaberta às 11:00.

Continue a ler

Populares