Ligue-se a nós

Atualidade

Jardim da Almuinha Grande vai ser inaugurado no dia da cidade de Leiria

Publicado

Foto: Facebook Município de Leiria

O jardim da Almuinha Grande, em Leiria, vai ser inaugurado no dia da cidade, 22 de maio, segundo uma nota do município de Leiria.

O projeto, no valor de 2 milhões e duzentos mil euros, pretendeu fazer a ligação do sistema ecológico e urbano da Nova Leiria e dos Marrazes ao corredor do rio Lis.

O espaço conta com um anfiteatro ao ar livre, um miradouro do jardim e do castelo, um longo passeio público e uma grande clareira que constituirá uma zona de prado na qual se prevê que as famílias se reúnam.

Do projeto, fazia parte a plantação de mais de meio milhar de novas árvores, de quase 1900 novos arbustos, um lago e a continuidade de percursos pedestres ao longo do rio Lis, estando garantidas as acessibilidades a pessoas com mobilidade reduzida ou condicionada.

O programa de inauguração começa às 15h30 e junta cultura e desporto. Às 16h00 está previsto o espetáculo da Academia de Ballet e Dança Annarella “O Rapaz Apaixonado”, seguida da atuação musical do Orfeão de Leiria.

Às 17h00 está prevista uma demonstração pelo TCL – Trampolins Clube de Leiria, seguindo-se uma demonstração pelo Ginásio Club Acrotum. Para as 17h15 está marcada uma demonstração pelo Ginásio Phive e às 18h30 atuação musical pela SAMP.

O programa é aberto a toda a comunidade, segundo o município leiriense.

Atualidade

Empresa de Gaia que promove carne com imagem de mulher vai retirar cartazes

Publicado

Foto: Facebook Carnes Sá da Bandeira

A empresa Carnes Sá da Bandeira, de Vila Nova de Gaia, que lançou uma campanha publicitária onde associava uma mulher de bikini à venda de carne, vai remover os cartazes.

Para promover a carne de vitela branca para assar a empresa associou a imagem de uma mulher em bikini na praia. Por debaixo do “slogan” lê-se: “Para quem prefere o melhor”.

Esta terça-feira, a empresa emitiu um comunicado a explicar que «À semelhança de anos anteriores foram elaborados cartazes alusivos ao verão cuja associação de imagens levou a interpretações que de modo algum ocorreu à empresa. Tendo como máxima que “a nossa liberdade acaba quando começa a liberdade do outro” procedemos de imediato à remoção dos mesmos».

Entretanto o MDM – Movimento Democrático de Mulheres enviou um protesto à Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género. Nas redes sociais, o Movimento defende que “as mulheres não são mercadoria” e critica duramente a campanha.

Continue a ler

Populares