Ligue-se a nós

Atualidade

Já são conhecidos os estádios que vão acolher o final do campeonato

Publicado

A Liga Portugal emitiu uma nota oficial com o nome dos nove estádios aprovados pela Direção-Geral de Saúde que poderão receber jogos de futebol durante a retoma do campeonato.

Os recintos aprovados são a Cidade do Futebol, o Estádio D. Afonso Henriques (V. Guimarães), o Estádio do Dragão (F. C. Porto), o Estádio João Cardoso (Tondela), o Estádio José de Alvalade (Sporting), o Estádio do Marítimo (Marítimo), o Municipal de Braga (Braga), o Estádio da Luz (Benfica) e o Portimão Estádio (Portimonense).

A nota dá conta que os estádios do Bonfim (V. Setúbal), Capital do Móvel (Paços de Ferreira), Cidade de Barcelos (Gil Vicente) Clube Desportivo das Aves (Aves), Bessa (Boavista) e Arcos (Rio Ave) terão de fazer “um conjunto de correções para que possam ser novamente vistoriados pelas autoridades de saúde”.

O Santa Clara, o Belenenses SAD ficam de fora deste plano e jogarão na Cidade do Futebol. O Moreirense irá jogar em Guimarães.

Publicidade

COMENTÁRIOS

Atualidade

Já pode ir ao cinema a partir de segunda-feira

Publicado

Ao fim de mais de dois meses, os teatros e as salas de espetáculo e de cinema poderão reabrir com “lugares marcados, todas as filas ocupadas” e “um lugar de intervalo entre os espectadores, exceto se forem coabitantes”, disse hoje a ministra da Cultura à agência Lusa.

O uso de máscara  vai ser obrigatório para o público e tem de haver “higienização dos espaços entre espetáculos ou sessões”.

No caso dos teatros, terá de ser garantida “uma distância de dois metros entre a boca de cena e a primeira fila” e “os corpos artísticos e equipas técnicas não têm de usar Equipamento de Proteção Individual [EPI] em palco, mas sim à entrada e saída de palco”.

As regras mudam em relação aos eventos culturais ao ar livre. Nesse caso, “não é obrigatório o uso de máscara” pelo público.

O espaço onde decorrer o evento, como uma praça ou um parque, “tem de ter delimitações”, assim como têm de ser “assinalados os locais onde as pessoas devem estar (podem ser marcações no chão, bancos, cadeiras)” e tem de haver “1,5 metros de distância entre as pessoas”, ou grupos de coabitantes.

A reabertura de salas de espetáculos, teatros e cinemas, bem como a retoma de eventos culturais ao ar livre está prevista na terceira fase do “Plano de Desconfinamento” do Governo.

As regras gerais de reabertura, que pode acontecer a partir de segunda-feira, foram definidas pelo Ministério da Cultura “em diálogo com a Direção-Geral de Saúde”.

Lusa

Continue a ler

Populares