Ligue-se a nós

Atualidade

Homem morreu após queda de carro no Cabo Espichel

Publicado

Emergência Ambulância

Um homem de 45 anos morreu, este domingo, depois de a viatura que conduzia ter caído nas escarpas do Cabo Espichel. O helicóptero da Força Aérea Portuguesa (FAP) destacado para o resgate do condutor acabou por confirmar que se tratava de uma vítima mortal.

Segundo o capitão e comandante da Polícia Marítima de Setúbal, Luís Lavrador, ao Notícias ao Minuto, o homem era o único ocupante da viatura, que caiu para “a base da falésia”, e foi resgatado pelos militares “por volta das 18:45”.

“Foi uma queda de uns 100 metros e o carro estava todo amachucado. O corpo encontrava-se fora da viatura, mas não sabíamos se era o único ocupante”, referiu o comandante da Polícia Marítima.

Ainda não são conhecidas as circunstâncias em que ocorreu o incidente, sendo que as conclusões iniciais apontam para um caso de suicídio.

O alerta para a queda do veículo foi dado aos bombeiros às 16h39.

Atualidade

Presidente brasileiro tem Covid-19

Publicado

O Presidente do Brasil, disse hoje que está infetado com o novo coronavírus, um dia depois de relatar sintomas e realizar um teste num hospital Militar, em Brasília.

Numa comunicação via Facebook, Bolsonaro confirmou o resultado positivo do teste e adiantou que fez uma radiografia e que o pulmão “estava limpo”.

O Presidente já havia informado a apoiantes que estava com febre e dores no corpo e, por isso, decidiu fazer o exame.

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados e de mortos (mais de 1,62 milhões de casos e 65.487 óbitos), depois dos Estados Unidos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 538 mil mortos e infetou mais de 11,64 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

 

Lusa

Continue a ler

Populares