Ligue-se a nós

Atualidade

GNR inicia primeiro curso de guardas florestais com 164 elementos

Publicado

Pinhal Pinheiro

Um total de 164 elementos, 11 das quais mulheres, iniciaram esta semana o curso de ingresso na carreira de guardas florestais, a primeira formação ministrada pela GNR.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana refere que o 1.º Curso de Formação de Guardas Florestais destinado a 164 novos elementos visa o reforço do dispositivo do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR que conta, neste momento, com 281 Guardas Florestais ao serviço.

Este concurso, que foi aberto em fevereiro desde ano, destinava-se à contratação de 200 guardas-florestais, mas começaram o curso 164 numa carreira que não admitia qualquer novo elemento desde 2006.

A GNR explica que o Governo autorizou a Guarda a proceder ao recrutamento externo de efetivos para reforço das equipas de guardas florestais tendo em conta que a proteção da floresta é “um objetivo estratégico para o país, e enquadrado na opção política que define como ação de caráter prioritário o reforço e estruturação dos processos de prevenção, vigilância e de apoio ao combate aos fogos florestais”.

Segundo a corporação, os guardas florestais exercem funções em matérias que por lei lhes atribui a qualidade de órgãos de polícia criminal, desenvolvendo missões que concorrem para a prossecução do serviço da GNR, em prol da proteção do ambiente, da conservação da natureza e biodiversidade, da riqueza cinegética, piscícola e florestal.

Atualidade

Leiria: Corpo de idosa desaparecida na Marinha Grande encontrado

Lídia Pereira, de 84 anos e residente em Vieira de Leiria, desapareceu no dia 5 de outubro, no Intermarché da Marinha Grande.

Publicado

Um corpo foi encontrado esta manhã, perto de Fonte Santa, na Marinha Grande, adiantou fonte da PSP de Leiria ao Notícias de Leiria.

“Tudo indica tratar-se da senhora que se encontrava desaparecida desde o dia 5 de outubro”, confirmou o Gabinete de Relações Públicas da PSP de Leiria, que ainda aguarda confirmação da Polícia Judiciária.

Segundo o Jornal da Marinha Grande, o cadáver encontrava-se já em elevado estado de decomposição mas as roupas coincidem com a descrição feita pelos familiares no dia do desaparecimento.

Continue a ler

Populares