Ligue-se a nós

Entretenimento

GABRIEL, Bem-Vindo a Acapulco e Miss XL estreiam esta quinta-feira

Publicado

Gabriel
Foto: Facebook Gabriel - O Filme

GABRIEL, Bem-Vindo a Acapulco e Miss XL são três razões para passar por uma sala de cinema, a partir desta quinta-feira, dia 21 de março.

Em português, GABRIEL é um jovem pugilista cabo-verdiano recém chegado a Portugal, à procura do seu pai, um antigo campeão de boxe dos Olivais, em Lisboa.

Na busca pelo pai, Gabriel conhece Rui, um membro violento do gangue local que organiza todos os combates ilegais do bairro. Gabriel entra em combate para tentar salvar a vida do pai.

A realização é de Nuno Bernardo. O ator Igor Regalla interpreta Gabriel. Na banda sonora, o destaque vai para Vado e Piruka, nomes do hip hop nacional.

 

E se de repente apanhasse um avião rumo a Acapulco, no México? E todos lhe perguntassem por um pacote? Bem-Vindo a Acapulco é uma comédia americana sobre um designer de jogos de vídeo que depois de beber acima da conta, apanha um avião para o sítio errado.

Para ajudar à festa, assim que o avião aterra, Matt tem de enfrentar não só verdadeiros criminosos, assassinos implacáveis e a própria Policia Federal. Todos à procura da mesma coisa, um pacote! A realização é de Guillermo Iván.

 

Miss XL estreia em grande! Numa pequena cidade do Texas, a jovem Willowdean Dickson é considerada acima do peso ideal, um pormenor que poderia passar despercebido não fosse a sua mãe, interpretada por Jennifer Anniston, uma antiga rainha de concursos de beleza.

Mãe e filha vão aprender a ultrapassar as diferenças, e confirmar que Dolly Parton estava certa quando disse que “se queres o arco-íris, tens de aguentar a chuva”.

Realizado por Anne Fletcher, a película conta mesmo com várias músicas da cantora compositora Dolly Parton.

Entretenimento

Lisboa recebe Mostra de Cinema do Brasil a partir de hoje

Publicado

Brasil bandeira

A segunda edição da Mostra de Cinema do Brasil começa esta terça-feira, no Cinema São Jorge, em Lisboa, com a exibição do filme “O Beijo no Asfalto”, de Murilo Benício.

A mostra vai decorrer até dia 30, e mostrar “o melhor do cinema contemporâneo brasileiro”, com a exibição de 16 filmes, entre os quais “Ferrugem”, de Aly Muritiba, “Aos Teus Olhos”, de Carolina Jabor, “Talvez Uma História de Amor”, de Rodrigo Bernardo, “Cinderela Pop”, de Bruno Garotti, e “Mulheres Alteradas”, de Luís Pinheiro.

O programa contempla também documentários como “Divinas Divas”, de Leandra Leal, e “Damas do Samba”, retrospetiva do percurso do samba ao longo da história, além de curtas-metragens como “O Orfão”, de Carolina Marcowitz, vencedora da Queer Palm de 2018, manifestação paralela do festival de Cannes.

A Mostra é acompanhada de um conjunto de fotografias de Daryan Dornelles, com mais de 100 imagens de artistas como Chico Buarque de Hollanda, Fernanda Montenegro, Gilberto Gil, Wagner Moura e Maria Bethânia.

Continue a ler

Populares