Ligue-se a nós

Atualidade

Fusão de hospitais no Algarve não beneficiou a região – administradora

Publicado

Hospital Saúde Médico

A presidente do Centro Hospitalar do Algarve, Ana Paula Gonçalves, disse ontem na comissão parlamentar que a fusão num centro hospitalar foi feita “sem estudo, com os pés”, aludindo à dispersão geográficas das unidades, como Portimão e Faro e ao “gigantismo da organização”, que torna a gestão “difícil e penosa”.

Ana Paula Gonçalves referiu que o processo teve como consequência “a saída de alguns profissionais que não se reviram no modelo” do Centro Hospitalar.

Numa alusão à falta de recursos humanos, a administradora exemplificou que o Centro Hospitalar e Universitário do Algarve tem 400 médicos especialistas, enquanto os três centros hospitalares de Lisboa têm 3.000 médicos.

O conselho de administração do Centro Hospitalar Universitário do Algarve foi ouvido, a pedido do PSD, “a propósito dos atrasos verificados na realização de exames para doentes oncológicos” e sobre a “suspensão das cirurgias programadas dos Hospitais de Faro e Portimão”.

Atualidade

Bombeiro ferido no combate a incêndio na A3 em Famalicão

Publicado

Emergência Ambulância

Um bombeiro sofreu esta sexta-feira ferimentos ligeiros quando combatia um incêndio que começou numa pesado de mercadorias na Autoestrada 3 (A3) e se propagou a uma área florestal em Vila Nova de Famalicão.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Braga, o bombeiro foi conduzido ao Hospital de Famalicão.

Um camião que seguia na A3 no sentido Porto-Braga, sem transportar qualquer carga, incendiou pelas 10:00, em Famalicão, e acabou por incendiar também uma área florestal.

O condutor do camião escapou ileso.

Em comunicado, a Brisa refere que, pelas 10:00, a circulação na A3 foi interrompida no “sentido sul/norte, entre as saídas 7/Cruz e 8/Braga Sul”, para “combate a incêndio em veículo pesado”.

A circulação foi reaberta às 11:00.

Continue a ler

Populares