Voltar
Caminha: o Paraíso mundial das cervejas artesanais
12 Jul 2018

Em 2018, a ARTBEERFEST Caminha repete a fórmula e de 12 a 15 de julho a localidade minhota torna-se a capital nacional das cervejas de labor artesanal, recebendo algumas entre as melhores cervejeiras da Europa e do país.

Este ano, as grandes novidades desta festa prendem-se com a presença de importantes marcas e cervejeiros norte-americanos e canadianos.

Um festival onde podemos encontrar novos estilos como o Extra Brut IPA, uma incursão no ancestral hidromel com modernas interpretações, cervejas sem glúten - um tema oportuno nos dias de hoje - maturações em barricas de vinhos portugueses e destilados, aos mais frescos e sazonais sour e milkshake lácticos ou frutados, as aciduladas Grape Ale baseadas em mostos de uvas.

Com presenças confirmadas de cervejeiras dos EUA, Canadá, Espanha, Itália, Croácia, Noruega, Reino Unido, Dinamarca, Hungria e Grécia, as curiosidades centram-se também na participação da Pink Booth Society uma associação internacional liderada por mestres da cerveja no feminino.

Presença também de uma cervejeira única no mundo a People Like Us, em que os seus produtores pertencem a uma organização de Autismo dinamarquesa e que encontra em Portugal um projeto social cervejeiro dedicado ao mesmo tema, revertendo as vendas durante o festival para a federação portuguesa de Autismo;

A participação da cervejeira revelação mundial do ano 2018, a Seven Island da Grécia pela primeira vez num festival fora do seu país, votada unanimemente nas plataformas de avaliação por milhões de fans da cerveja em todo o mundo.

De realçar a participação também de novos projetos nacionais, mas também locais como a Bendita e a Trukka.

A já tradicional área de degustações e harmonizações gastronómicas cervejeiras pela mão de cozinheiros e chefes convidados, com especial relevância para as conservas artesanais e fumados caseiros tradicionais das espécies autóctones do Rio Minho e da costa.

O festival mantém o acesso livre (incluindo para famílias com crianças), bastando, para degustar as mais de 250 cervejas do evento, comprar (por apenas 3,00 euros) o copo oficial de vidro personalizado – nesta edição concebido pelo designer Hugo Araújo – e, depois, comprar fichas de consumo, tendo em conta que as cervejas terão um preço entre os 2,00 euros e os 4,00 euros.

Na programação de animação, a folia a que nos já habituou o festival. A boa onda em arruadas das bandas, Dj’s chill out para as tardes e mais ritmadas para as cálidas noites caminhenses. Um espectáculo inovador da banda de percussão Crassh num local inusitado que será uma das grandes atracções surpresa da programação.

Com o ARTBEERFEST está também de regresso a Caminha a famosa World Beer Run, uma original, hidratante e divertida corrida com origem na Dinamarca, que acontece nas mais de 200 cidades do mundo associadas da Mikkeller Running Club, e que vai já na sua 3ª edição.

São 10 quilómetros ao pôr-do-sol de dia 14 de junho, com inscrições limitadas a 400 participantes. Correr, socializar, conviver e beber uma cerveja em confraternização no final.

A organização põe este ano à disposição dos visitantes um transporte noturno com pré aquisição de uma pulseira Beer Bus por 10,00 euros para os quatro dias, para todos aqueles que não encontrando alojamento na vila, se fixaram nas localidades limítrofes de Caminha, fazendo a viagem em segurança, usufruindo e disfrutando do evento sem preocupações de condução.

Record FM com SAPO

30 Aug 2018
A melhor cerveja artesanal à prova em Cascais

19 Aug 2018
Figueira Film Art

13 Aug 2018
Exposição sobre 60 anos de Madonna na Faculdade de Letras do Porto