Ligue-se a nós

Atualidade

Feira do Livro do Porto com 124 pavilhões e 78 entidades participantes

Publicado

Foto: Feira do Livro do Porto / porto.pt

A Feira do Livro do Porto, que regressa aos Jardins do Palácio de Cristal entre 27 de agosto e 12 de setembro, homenageia o escritor Júlio Dinis e conta nesta edição com 78 entidades participantes, distribuídas por 124 pavilhões.

De acordo com informação hoje disponibilizada pela Câmara do Porto, na sua página na Internet, para a edição deste ano, apresentaram candidatura 82 entidades, das quais foram aprovadas 78 entre distribuidoras, editoras, livrarias, alfarrabistas, estruturas institucionais, ocupando 124 pavilhões, aos quais se junta mais um, que será para uso da autarquia.

Novamente sob coordenação do diretor artístico do Museu da Cidade, Nuno Faria, esta edição da Feira do Livro do Porto homenageia o escritor portuense Júlio Dinis, no ano em que se assinalam os 150 anos da morte do autor de “Os Fidalgos da Casa Mourisca”.

Marcado para os seis fins de semana que antecedem a Feira do Livro, realiza-se pela primeira vez o ciclo de programação cultural “Warm Up”, que “vai percorrer diversas sonoridades, do jazz aos blues, passando pelas músicas do mundo, a ‘spoken word’ e a música de dança, com muitos concertos marcados com músicos emergentes”.

No primeiro fim de semana de “Warm Up”, nos dias 16, 17 e 18 de julho, entre os espaços da Casa do Roseiral, Concha Acústica e do Lago dos Cavalinhos, no Palácio de Cristal, o destaque da organização vai para o concerto de apresentação do novo álbum de Rui Reininho, “20.000 Éguas Submarinas”.

A 92.ª edição da Feira do Livro de Lisboa, anunciada em abril pela Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, coincide com a do Porto, ao decorrer de 26 de agosto a 12 de setembro de 2021.

Atualidade

Nove mortes, 757 novas infeções e menos internados nas últimas 24 horas

Publicado

Portugal registou nas últimas 24 horas nove mortes atribuídas à covid-19, 757 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e uma redução nos internamentos em enfermaria.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), estão hoje internadas 410 pessoas com covid-19, menos duas do que na quinta-feira, 76 das quais em unidades de cuidados intensivos, mais uma do que na véspera.

As mortes ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (2), na região Centro (4), no Alentejo (2) e no Algarve (1).

Relativamente às idades das vítimas mortais, cinco tinham mais de 80 anos, três entre os 70 e os 79 anos e uma entre os 40 e os 4 anos.

Continue a ler

Populares